Topo

Esporte

Salah e De Bruyne, o duelo entre os renegados de Mourinho

03/04/2018 14h02

Londres, 3 Abr 2018 (AFP) - Se o destino e José Mourinho tivessem deixado, ambos jogariam na mesma equipe, mas Kevin De Bruyne e Mohamed Salah se enfrentarão nesta quarta-feira no jogo de ida das quartas de final da Champions, o belga com a camisa do Manchester City, o egípcio com a do Liverpool.

A frustração maior é dos torcedores do Chelsea. O estilo destes dois jogadores não convinha ao modelo mais físico de jogo de Mourinho quando o português treinava o time londrino. Com isso, ambos acabaram deixando Stamford Bridge: De Bruyne em 2014 e Salah em 2015.

Os dirigentes do Chelsea também lamentam o fato dos dois jogadores estarem brilhando agora em outros clubes, enquanto os Blues foram eliminados do torneio europeu e praticamente deram adeus as chances de buscar uma classificação à próxima Champions, ficando longe do quatro primeiro colocados da Premier League.

As carreiras de ambos os jogadores é tão parecida que os dois são vistos como principais aspirantes ao prêmio de melhor jogador do ano na Premier League.

Com 15 assistências na competição, De Bruyne é o maestro do líder do Campeonato Inglês, uma verdadeira máquina de ganhar, com direito a um futebol vistoso. A superioridade dos Citizens é tão grande que a equipe de Pep Guardiola poderia garantir matematicamente o título inglês no próximo sábado... no clássico de Manchester contra o United de Mourinho.

"De Bruyne é o melhor exemplo e nos ajuda a ser um clube melhor, uma entidade melhor", elogiou Guardiola, que vê no belga um "jogador completo".

O Liverpool já sofreu com o nível estratosférico de De Bruyne nesta temporada, em setembro passado, o meia, de 26 anos, deu duas assistência na goleada por 5 a 0 sobre os Reds.

Salah certamente deve lembrar daquele jogo, já que foi substituído no intervalo, pagando o preço da expulsão de seu companheiro de ataque, o senegalês Sadio Mané.

Esta é uma das poucas partidas abaixo da média do 'Faraó' nesta temporada, na qual já marcou 37 gols, 29 deles na Premier League, ajudando o Liverpool a brigar pelo vice-campeonato inglês com o United e disputar as quartas de final da Champions.



- Artilheiro da Premier -

O egípcio, que chegou ao Liverpool no início da temporada após ser vendido pela Roma, se vingou de De Bruyne em janeiro, com um gol e uma assistência na vitória dos Reds sobre o City por 4-3, a única derrota dos comandados de Guardiola nesta temporada no Campeonato Inglês.

Para o técnico dos Reds, Jurgen Klopp, Salah, aos 25 anos, está no caminho para se tornar um dos melhores jogadores do mundo, chegando a comparar o egípcio com Lionel Messi.

"Se você só faz gol quando tudo está perfeito, você não consegue marcar 29 gols. É isso que faz dele um verdadeiro atacante", elogiou Klopp após Salah anotar o gol da vitória do Liverpool sobre o Crystal Palace (2-1), no último sábado.

A lenda do futebol britânico Ian Rush, dono do recorde de gols dos Reds em uma temporada (47 em 1983-1984) concorda com o técnico: só Messi e Cristiano Ronaldo podem ser comparados ao Salah desta temporada.

Rush, porém, acredita que o egípcio precisa conquistar títulos para se equiparar a Messi e CR7. Para isso, Salah terá que passar pelo City de De Bruyne nas quartas de final da Champions.

kca-mam/ybl/am

Mais Esporte