Topo

Esporte

Demissão surpresa do presidente da Confederação de Futebol da Oceania

06/04/2018 09h22

Wellington, 6 Abr 2018 (AFP) - O presidente da Confederação de Futebol da Oceania (OFC), David Chung, anunciou nesta sexta-feira, para surpresa geral, a entrega do cargo por "motivos pessoais", a dez meses do fim do mandato.

"Chung tomou uma decisão para a qual refletiu com maturidade, priorizando os motivos pessoais", explicou a OFC em comunicado, sem oferecer mais detalhes.

O empresário de 55 anos, nascido na Malásia, mas que preside a federação de Papua-Nova Guiné, país onde reside, substituiu em 2010 o taitiano Reynald Temarri no comando da OFC, envolvido em um escândalo de compra de votos.

Chung foi confirmado no cargo em 2011 e reeleito em 2015 para um mandato de quatro anos à frente da menor confederação da Fifa, com apenas 11 países-membros.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte