Topo

Esporte

Bayern empata com Sevilla e carimba vaga nas semis da Champions

11/04/2018 18h45

Munique, Alemanha, 11 Abr 2018 (AFP) - O Bayern de Munique não deu chance ao azar para confirmar a vaga nas semifinais da Liga dos Campeões, nesta quarta-feira, depois de empatar sem gols com o Sevilla pela partida de volta das quartas de final.

A equipe alemã administrou a partida e jogou com o regulamento debaixo do braço, depois de vencer o duelo de ida fora de casa por 2 a 1.

É a sexta vez em sete temporadas que o conjunto bávaro se coloca entre os quatro melhores times do continente, enquanto os andaluzes falharam na chance de chegar às semifinais pela primeira vez na história.

"O Sevilla caiu com orgulho. Escutei nossa torcida durante todo o jogo e estou orgulhoso de treinar um time com uma torcida assim. Fizemos um bom jogo, tivemos equilíbrio e chances. Não foram chances claras, mas foram chances. Faltou abrir o placar", disse o técnico italiano Vincenzo Montella.

Recém campeão da Bundesliga pela sexta vez consecutiva no último final de semana, o Bayern agora dá mais um passo para tentar repetir a tríplice coroa com os títulos da Liga dos Campeões e da Copa da Alemanha, feito alcançado em 2013 com Jupp Heynckes.

"Tivemos um duelo muito bom contra o time do Sevilla, que acreditou nas suas chances até o final. Mas não nos deixamos distrair e não perdemos a calma", indicou o treinador alemão.

O Bayern de Munique se juntou a Roma, Liverpool e Real Madrid no grupo de semifinalistas. Os merengues garantiram a vaga com gol de pênalti de Cristiano Ronaldo no último lance de jogo contra a Juventus, que vencia por 3 a 0 e levaria a partida para a prorrogação.

"Existem três oponentes de altíssimo nível e será muito difícil, independentemente do sorteio. Quero chegar à final, mas não tenho um adversário favorito para a semifinal, porque as coisas nunca acontecem como imaginamos", acrescentou Heynckes.

O sorteio das partidas vai ser realizado na próxima sexta-feira, às 9h pelo horário de Brasília.

- Domínio alemão -Apesar da necessidade de vencer fora de casa, o Sevilla não conseguiu impor seu ritmo na Allianz Arena no princípio do jogo. A primeira chegada perigosa dos espanhóis foi apenas aos 11 minutos do primeiro tempo, com Pablo Sarabia driblando Rafinha mas chutando longe da meta.

Os alemães, com sua superioridade técnica, dominavam a posse de bola e criavam chances de perigo nos minutos iniciais, principalmente com Lewandowski e Robben. O Bayern apostava na marcação alta, pressionando a saída de bola dos visitantes.

O Sevilla até conseguia criar chances, chegando ao gol de Ulreich em algumas oportunidades, como em chute rasteiro de Escudero aos 26 minutos. Mas os bávaros eram mais perigosos, principalmente nos chutes de Hummels e Franck Ribéry, aos 33 e 38 minutos respectivamente. Aos 40, o gol alemão só não saiu porque Jesús Navas cortou a bola antes de Ribéry concluir.

- Poucas chances espanholas -Na segunda etapa, o Bayern continuou mostrando porque é um gigante do continente europeu e sério candidato ao título.

Os bávaros tinham total controle do jogo e não davam chances para os espanhóis chegarem em condições reais de balançarem as redes. Por outro lado, chegavam com perigo em várias ocasiões. Aos 4 minutos, Lewandowski recebeu cruzamento de Rafinha pelo lado esquerdo e cabeceou rente à trave.

A resposta andaluza chegou aos 13 minutos, apostando numa jogada de bola parada. Após cobrança de falta, Correa saltou mais alto que a zaga e carimbou o travessão de Ulreich para animar o time espanhol em busca do gol.

Mas o Bayern trocou peças, colocou sangue novo em campo e voltou a trocar passes, com o brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcantara ditando o ritmo da partida ao lado do colombiano James Rodríguez.

A partida ficou morna, com o Sevilla tentando de tudo para tentar furar o bloqueio mas com poucas alternativas. Robben teve algumas chances de contra-atacar em velocidade e a partida ficou neste cenário até o final. O último lance de interesse foi a expulsão de Javier Correa, aos 47, depois de falta em Javier Martínez.

fa

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte