Topo

Esporte

De Ederson a Agüero, as peças chave do título do Manchester City

16/04/2018 15h38

Londres, Reino Unido, 16 Abr 2018 (AFP) - Apesar de basear o sucesso na força do jogo coletivo defendido pelo técnico Pep Guardiola, o Manchester City contou com o excelente rendimento individual de alguns de seus jogadores, tanto na defesa quanto no ataque.

. Kevin De Bruyne: maestroA temporada do meia foi simplesmente brilhante. Jogador mais utilizado por Guardiola, o belga é o principal candidato ao título de melhor jogador da Premier League, ao lado do egípcio Mohamed Salah (Liverpool).

Envolvido em tarefas defensivas, sua visão de jogo criou maravilhas ofensivas no ataque para se converter no líder de assistências do campeonato. É atleta indiscutível para o técnico e por isso não é estranho ver o jogador de 26 anos renovar contrato até 2023.

Com 7 gols e 15 passes decisivos, o jogador não para de receber elogios: "faz tudo, em todos os jogos. Seu número de assistências, passes, chutes, gols, sua luta, seus arranques... Não existem palavras para descrever o desempenho de Kevin nesta temporada", resumiu Guardiola.

. Raheem Sterling: à altura de seu potencialAntes de iniciar a temporada, sua presença no time não era garantida. Mas o atacante inglês de 23 anos soube mostrar seu valor e colocou no banco o português Bernardo Silva, umas das principais contratações da equipe para a temporada.

Melhor ainda, o rápido ponta com técnica limitada evoluiu para se tornar um jogador de alto nível. Escutou Guardiola, que voltou a ensinar dribles "sem usar a parte exterior do pé" e trabalhou a definição com um chute de efeito que causa estragos, sobretudo no final dos jogos, reconhecendo ele mesmo que rende melhor "sob pressão".

O resultado foi que o nativo de Kingston, Jamaica, balançou as redes 17 vezes na Premier League e fez 22 gols em toda temporada.

. Sergio Agüero: saber se reinventarAlvo de críticas na temporada passada, Aguero soube se reinventar para satisfazer Guardiola a ponto de marcar 39 gols na temporada e chegar perto de cruzar a marca de 200 com a camisa dos Citizens (199 atualmente).

O excelente definidor passou a ser um atacante completo, em quem Guardiola tem confiança cega: "é o melhor Sergio que eu já vi. Não só marca gols, mas nunca perde a bola. Cria espaços com suas movimentações, é o primeiro a pressionar para ajudar os outros", explicou o catalão no início de março.

Aguero reconquistou o técnico para colocar o brasileiro Gabriel Jesus no banco. "É uma lenda", afirma Pep.

. Kyle Walker: solidez, eficácia e segurançaInsatisfeito com o rendimento de seus laterais na temporada passada, Guardiola fez uma renovação de alto investimento para recompor a defesa: 57 milhões de euros pagos por Walker (Tottenham), 58mi por Benjamin Mendy (Monaco) e 30mi por Danilo (Real Madrid).

Indiscutivelmente, o inglês é quem dá mais solidez e tranquilidade para o lado direito da equipe. Apesar de sua reputação extremamente ofensiva, também se mostrou seguro na defesa a ponto de jogar como zagueiro em partida da seleção da Inglaterra.

"É uma boa decisão de Gareth Southgate", avaliou Guardiola. "É rápido, inteligente, tem bom passe e pode jogar tanto na frente quando atrás", acrescentou.

. Ederson: goleiro e primeiro jogador ofensivoNa temporada passada, o gol dos Citizens foi o ponto fraco da equipe. As inacreditáveis falhas de Claudio Bravo custaram vários pontos, convertendo o chileno em alvo de piadas em toda Inglaterra.

Na janela de transferências, Ederson chegou vindo do Benfica por 40 milhões de euros e transformou a defesa da equipe. A qualidade do brasileiro com os pés permitiu aos Citizens jogar mais ofensivamente, como deseja Guardiola.

Ederson é o primeiro a colocar a bola em jogo, com seus passes beirando a perfeição. "a soltura que tem com os pé é realmente impressionante", avaliou o treinador de goleiros da seleção brasileira, Claudio Taffarel.

"Quando você assiste um jogo do City, vê que ele toca na bola tantas vezes quanto Fernandinho, que é meia", destacou o lendário arqueiro brasileiro. "A facilidade, tranquilidade e precisão de seus passes são impressionantes. Atualmente não há ninguém como Ederson", indicou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte