Topo

Esporte

Quatro assistentes de VAR por jogo na Copa do Mundo da Rússia

18/04/2018 17h15

Coverciano, Itália, 18 Abr 2018 (AFP) - A Fifa detalhou nesta quarta-feira o funcionamento do VAR durante a Copa do Mundo, com quatro assistentes de vídeo-arbitragem encarregados de auxiliarem o árbitro central e um operador responsável de transmitir as decisões tomadas nos telões do estádio.

"Tudo estará centralizado em um único lugar instalado em Moscou. Todos os árbitros terão sua base em Moscou", explicou o responsável de arbitragem da Fifa, Pierluigi Collina, durante seminário de formação organizado no Centro Federal de Coverciano, próximo à Florença (Itália).

Durante duas semanas e divididos em dois grupos, os 36 árbitros e 63 assistência escolhidos para o Mundial vão trabalhar em Coverciano.

A formação é técnica, teórica e esportiva, contemplando oficinas de trabalho sobre o VAR. O recurso é a grande novidade da Copa do Mundo-2018.

Outro ex-árbitro italiano, Roberto Rosetti, detalhou o dispositivo VAR que será transportado para cada jogo da competição.

"Serão quatro responsáveis de vídeo. O VAR principal é o que se comunica com o árbitro central e pode sugerir que vá verificar as imagens na beira do campo", explicou.

"O assistente VAR número 1 se ocupa de acompanhar o ao vivo enquanto faz uma verificação. O assistente VAR número 2 se ocupa especificamente do impedimento", para o qual se instalarão duas câmeras especiais nos estádios da Copa.

Um terceiro assistente VAR terá como missão respaldar as decisões do VAR principal, concentrando-se no respeito ao protocolo e garantindo uma boa comunicação entre toda equipe.

Além dos quatro assistentes VAR, a sala de operação de vídeo terá quatro técnicos para as telas e ângulos de câmera.

Também estará presente um representante da Fifa equipado com um tablet, que permitirá comunicar aos emissores e aos telões do estádio as decisões tomadas pelos árbitros.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte