Topo

Esporte

Real Madrid vira para cima do Bayern e fica perto da final da Liga dos Campeões

25/04/2018 18h19

Munique, Alemanha, 25 Abr 2018 (AFP) - O Real Madrid venceu por 2 a 1 na visita ao Bayern de Munique, nesta quarta-feira, pelo jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões, e deu passo importante em busca do tricampeonato consecutivo da competição.

Joshua Kimmich abriu o placar para os alemães, aos 28 do primeiro tempo, mas o lateral brasileiro Marcelo igualou com belo gol, aos 44, e na segunda etapa, Marco Asensio virou a partida em jogada veloz de contra-ataque, aos 12 minutos.

Foi o 25º jogo entre as equipes em duelos europeus, um recorde na Uefa. O resultado desequilibrou o similar retrospecto para o lado merengue, que agora tem 12 vitórias, contra 11 triunfos bávaros e dois empates.

Campeão da tríplice coroa com o Bayern em 2013, o técnico Jupp Heynckes vê o desafio de repetir o feito ficar ainda maior depois do revés em casa contra os espanhóis.

"Precisamos de outra mentalidade para conseguir o objetivo. O resultado poderia ter sido muito diferente, na minha opinião. Mas nós não desistimos, nós já vencemos lá no ano passado. Precisamos de uma mentalidade 'assassina'", indicou o capitão alemão Thomas Muller.

Já o time comandado pelo francês Zinedine Zidane tem grandes chances de carimbar a vaga na decisão em Kiev, aumentando a esperança do terceiro título seguido da "orelhuda".

"Estamos felizes com nosso jogo, com nossa atuação. Ainda falta o jogo de volta e no futebol nada está vencido de antemão. Na volta precisamos fazer outro grande jogo. Vencemos fora e isso é bom, podemos estar muito satisfeitos pelo que conquistamos juntos esta noite", indicou o técnico Zidane.

- Céu e inferno de Marcelo -O jogo começou com uma notícia ruim para os bávaros, que logo aos 7 minutos viram o holandês Arjen Robben se machucar e ser substituído pelo brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcântara. Com a bola rolando, as duas equipes não conseguiam criar chances e o primeiro chute a gol foi de Isco, apenas aos 16 minutos do primeiro tempo.

Alemães e espanhóis aplicavam um forte esquema de marcação, deixando as figuras cerebrais de seu adversário sem alternativas chegar ao gol. As jogadas mais perigosas saíram dos pés do brasileiro Rafinha, arriscando chute de fora da área aos 18, e Carvajal chutando firme para a defesa de Ulreich, aos 23, após tabela com Lucas Vázquez.

Aos 28 minutos, o Bayern deu uma aula de saída de bola para deixar a defesa merengue tonta e abrir o placar. A jogada iniciou com cobrança curta de tiro de meta e foi ganhando espaço no campo. A bola chegou para o colombiano James Rodríguez, que viu a movimentação de Kimmich no buraco da zaga deixado por Marcelo e lançou em profundidade. O jovem lateral da Mannschaft ganhou velocidade e bateu cruzado para colocar o Bayern em vantagem, contando com o vacilo de Keylor Navas.

O gigante bávaro passou a ter o domínio do jogo, com chances de ampliar o placar aos 40 e 41 minutos, em chutes de Hummels e Muller. Mas foi o Real Madrid que conseguiu igualar a partida, aos 44, com lindo chute de fora da área de Marcelo. O lateral brasileiro aproveitou ajeitada de Carvajal para a entrada da área e fuzilou de voleio sem pulo em um chute cruzado indefensável, compensando o vacilo de posicionamento no gol bávaro.

- Vacilo de Rafinha -Na volta do intervalo, a partida se manteve equilibrada até o vacilo do brasileiro Rafinha, aos 12 minutos. O lateral errou passe lateral no campo de ataque e gerou contra-golpe fatal na velocidade de Lucas Vázquez e Marco Asensio, que concluiu com firmeza em chute cruzado para virar a partida.

Mas o Bayern reagiu e chegou com perigo duas vezes com Franck Ribéry, aos 13 e 16. O francês parou nas boas defesas de Keylor Navas, que acabou compensando o erro que gerou o gol alemão na primeira etapa.

Os alemães conseguiam ameaçar o empate, mas esbarravam na má definição dos ataques. Outra vez em duas jogadas consecutivas, aos 21 e 23, Muller e Lewandowski bateram cabeça no primeiro lance e Ribéry chutou com desvio no segundo, desperdiçando boas chegadas.

Aos 26, Cristiano Ronaldo fez o terceiro gol merengues com chute de perna esquerda, mas o lance foi invalidado porque o português ajeitou a bola com o braço antes de finalizar. O luso foi bem marcado e quase não apareceu na partida.

O Bayern tentou diversas vezes, mas não conseguiu o empate. Numa delas, Lewandowski teve a chance que esperou durante toda a partida, após boa troca de passes aos 42. Mas o polonês encheu o pé e Navas fez excelente defesa para garantir a vitória merengue fora de casa.

"Acho que o primeiro passo está dado, mas ainda não fizemos nada. É preciso manter a calma, o máximo respeito contra um grande rival Bayern e tentar repetir este jogo em casa", declarou o capitão Sergio Ramos ao canal BeIN Sports após o jogo.

As equipes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, dia 1º de maio, às 15:45h pelo horário de Brasília. Por conta dos gols marcados fora de casa, o Real pode até perder por 1 a 0 para se classificar.

fa

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte