Topo

Esporte

Torcedor do Liverpool agredido está em estado crítico; Roma condena atitude

Dave Thompson/AP
Torcedores do Liverpool em cima de carro da polícia antes de jogo contra a Roma Imagem: Dave Thompson/AP

25/04/2018 08h23

O torcedor do Liverpool agredido na terça-feira por ultras da Roma se encontra em "estado crítico", afirmou nesta quarta-feira a polícia inglesa, que informou sobre os distúrbios antes do jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões, vencido pelos Reds por 5-2.

O ferido, um irlandês, recebe atendimento em um centro neurológico que classificou seu estado como "crítico".

Dois homens, de 25 e 26 anos, foram detidos, suspeitos de tentativa de homicídio após o ataque contra o torcedor do Liverpool, de 53 anos, que viajou da Irlanda a Liverpool para assistir a partida.

"Acreditamos que a vítima estava em Liverpool com o irmão para assistir a partida Liverpool-Roma e foi agredido em um distúrbio entre torcedores do Liverpool e da Roma, por volta de 19h35" (15h35 de Brasília)", afirmou o inspetor de polícia Paul Speight.

"As testemunhas indicam que a vítima foi atingida com um cinto antes de cair no chão. Recebeu atendimento no local antes de ser levado de ambulância para o centro neurológico Walton, onde foi tratado pelo ferimento na cabeça", completou.

O Liverpool declarou estar "escandalizado e surpreso" com o incidente. "Primeiro pensamos na vítima e sua família, nosso total apoio", afirma em um comunicado.

A Roma chamou de "odioso" o comportamento de uma "pequena minoria de torcedores".

"A Roma condena da maneira mais firme o comportamento odioso de uma pequena minoria de torcedores que viajaram e que provocaram a vergonha do clube e da grande maioria de torcedores da Roma que tiveram uma conduta exemplar em Anfield", escreveu o clube em um comunicado.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte