Topo

Esporte

Real-Bayern, dois gigantes a um passo da final da Champions

30/04/2018 13h56

Madri, 30 Abr 2018 (AFP) -

O Real Madrid, atual bicampeão europeu, recebe nesta terça-feira o Bayern de Munique no jogo de volta das semifinais da Liga dos Campeões com a pequena vantagem de 2 a 1 alcançada na ida, na busca por uma histórica terceira final consecutiva da maior competição de clubes do mundo.

"Conseguimos o resultado favorável, mas ainda não fizemos nada, é preciso manter a calma, o máximo respeito a um grande Bayern e tentar repetir este tipo de jogo em casa", declarou na semana passada o capitão do Real Madrid, o zagueiro Sergio Ramos.

O Real espera que não se repita a experiência vivida contra a Juventus, no jogo de volta das quartas de final em que o clube italiano conseguiu devolver o 3 a 0 sofrido na ida, mas um pênalti polêmico nos minutos finais salvou o time espanhol.

"Fizemos algo extraordinário ganhando fora de casa e agora temos que não cometer os mesmos erros e saber que precisamos entrar em campo com nossa maior determinação na terça-feira", declarou nesta sexta-feira o técnico Zinedine Zidane.

"É preciso jogar para ganhar, marcar o mais cedo possível, sem especular, sem recuar, sem fazer nada à toa", completo o treinador francês em coletiva de imprensa.

- Ausência de Carvajal -Sem Campeonato Espanhol, conquistado no domingo pelo Barcelona, e sem Copa do Rei, que também foi erguida pelo time catalão, a Liga dos Campeões se tornou o único objetivo para salvar a temporada do Real.

Caso vença novamente a Champions, o Real se tornará a primeira equipe desde o próprio Bayern de Munique (1974-1976) a conquistar três vezes seguidas o título europeu.

O Real, porém, não poderá contar no jogo de volta das semifinais com Dani Carvajal, que sofreu uma lesão na coxa na ida.

A ausência de Carvajal é preocupante, já que como Nacho ainda se encontra na fase final de recuperação de uma lesão muscular, Zidane poderá ser obrigado a apostar no jovem marroquino de 19 anos Achraf Hakimi na lateral-direita.

Zidane poderia também reposicionar Sergio Ramos, lateral em seus primeiros anos de carreira, ou recuar Lucas Vázquez do ataque.

É por este lado direito da defesa do Real que ataca Franck Ribéry, jogador mais perigoso do Bayern no jogo de ida.

Isco, lesionado no ombro, treinou nesta segunda-feira com o grupo e pode ter condições de jogo.

Do outro lado do campo, o Bayern também terá problemas, já que não poderá contar com o atacante Arjen Robben e o zagueiro Jerome Boateng, que se lesionaram durante o jogo de ida, em Munique.

- 'Dar tudo de nós' -Boateng sofreu uma lesão muscular que, segundo a imprensa alemã, obrigará o zagueiro a ficar longe dos campos por quatro a seis semanas, algo que coloca em perigo sua presença na Copa do Mundo.

Por outro lado, o técnico Jupp Jeynckes terá de volta dois defensores, o austríaco David Alaba e o espanhol Javi Martínez.

A equipe alemã visitará o Santiago Bernabéu torcendo para dar de cara com um dia ruim de um Real Madrid irregular, que nesta temporada vem alternando boas e más atuações.

"Nos treinos é possível ver que estamos concentrados no trabalho. No vestiário dá pra ver o quanto queremos passar. Vamos dar tudo de nós", declarou Alaba.

"Queremos jogar para frente. Queremos acabar com esse respeito que sempre mostramos nestas partidas e assim vamos fazer a bola balançar as redes", analisou por sua vez o meia Thomas Muller.

- Prováveis escalações:

Real Madrid: Keylor Navas - Lucas Vázquez (ou Nacho), Varane, Ramos, Marcelo - Modric, Casemiro, Kroos - Asensio, Benzema, Cristiano Ronaldo. T: Zinédine Zidane (FRA)

Bayern de Munique: Ulreich - Kimmich, Süle, Hummels, Alaba - Martínez - Müller, Thiago, James, Ribery - Lewandowski. T: Jupp Heynckes

Árbitro: M. Cuneyt Cakir (TUR)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte