Topo

Esporte

Santos busca selar classificação às oitavas da Libertadores

30/04/2018 15h33

Montevidéu, 30 Abr 2018 (AFP) -

O Santos encara nesta terça-feira em Montevidéu o Nacional, pelo grupo 6 da Copa Libertadores, num duelo que poderá valer a classificação antecipada às oitavas de final para os santistas.

O Peixe chega à quinta rodada da competição em ótimas condições, num grupo que comanda com folga, com 9 pontos, quatro a mais que o próprio Nacional, adversário desta terça-feira.

O time uruguaio, que teve que disputar duas fases preliminares na Libertadores, terá que suar nas duas últimas rodadas se quiser avançar novamente na competição.

1. Vaga no bolsoO Santos, que sonha em conquistar o tetracampeonato da Libertadores, visita pela primeira vez em sua história o estádio Gran Parque Central de Montevidéu com a vaga na próxima fase praticamente no bolso, precisando de apenas um ponto para garantir presença nas oitavas de final. A vaga poderia até vir com uma derrota, caso as outras duas equipes do grupo, Real Garcilaso e Estudiantes, empatem em Cusco.

O Santos chega à capital uruguaia com a lembrança da contundente vitória por 3 a 1 na Vila Belmiro sobre o Nacional, apesar de ter jogado quase uma hora com um homem a menos, contando com a bela atuação de Eduardo Sasha, autor de dois gols na partida.

O técnico Jair Ventura terá um desfalque de peso no setor defensivo, já que o zagueiro Lucas Veríssimo está suspenso por acúmulo de cartões. Por outro lado, apostará na qualidade do atacante Gabigol, que na rodada anterior anotou um gol na vitória por 2 a 0 sobre o Estudiantes.

2. Semana transcendentalJá o Nacional encara uma semana que poderá ser determinante para seu sucesso na primeira metade da temporada, na qual está a uma vitória de garantir o título uruguaio e de encaminhar a vaga nas oitavas da Libertadores.

Uma situação quase impensável quando os 'Tricolores' foram derrotados, mais por ingenuidade do que falta de qualidade, na final da Supercopa do Uruguai no início da temporada pelo arquirrival Peñarol (3-1), um duelo que serve de termômetro para a saúde de ambos os clubes.

"Não há volta e temos que olhar para frente com a expectativa de melhorar", dizia após a partida o técnico do Nacional, Alexander Medina.

Da resignação, Medina construiu, três meses depois, uma equipe compacta, que encara a reta final deste primeiro trimestre de competições com as pernas frescas, principalmente pela rotatividade no elenco, com a qual montou duas equipes: uma para a Libertadores e outra para o Campeonato Uruguaio; uma para esta quarta-feira, outra para o fim de semana.

O colombiano Wilmar Roldán será o árbitro da partida.

- Prováveis escalações:

Nacional: Esteban Conde - Alfonso Espino, Guzmán Corujo, Rodrigo Erramuspe, Diego Polenta - Matías Zunino, Gonzalo Bueno, Christian Oliva, Sebastián Rodríguez - Tabaré Viudez, Gonzalo Bergessio. T: Alexander Medina.

Santos: Vanderlei - Guedes, Luiz Felipe, Braz, Dodo - Alison, Sasha, Cittadini, Mota - Rodrygo e Gabriel Barbosa. T: Jair Ventura.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte