Topo

Esporte

Presença de Cantona em treino do Peru levanta suspeitas

10/05/2018 15h24

Lima, 10 Mai 2018 (AFP) -

A presença do ex-jogador francês Eric Cantona num treino da seleção peruana, como integrante de uma equipe de televisão europeia, levantou suspeitas e críticas no Peru, que enfrentará a França na Copa do Mundo da Rússia-2018.

"Este é o espião francês que observou o treino da bicolor", afirmou nesta quinta-feira o jornal popular Trome em seu site, com uma foto de Cantona ao lado da comissão técnica da seleção peruana, encabeçada pelo técnico argentino Ricardo Gareca.

O jornal pergunta: "Por que as autoridades da seleção peruana permitiram a entrada do francês Eric Cantona?".

"Inimigo em casa", escreveu o diário esportivo Líbero, afirmando que "resta torcer para que Cantona não leve informações a Didier Deschamps, técnico da França, adversária do Peru em 21 de junho", pelo grupo C da Copa.

Cantona visitou na quarta-feira a Vila Esportiva da Federação Peruana de Futebol, onde a seleção do país iniciou os treinos para os amistosos pré-Copa.

O ex-jogador do Manchester United realizou uma longa entrevista com Gareca, conversando sobre a campanha nas eliminatórias sul-americanas que classificou o Peru para sua primeira Copa em 36 anos, segundo informou a federação peruana.

Em seguida, Cantona conversou com o assistente de Gareca, o ex-jogador peruano do Newcastle Nolberto Solano, e com o gerente esportivo da federação, o ex-técnico Juan Carlos Oblitas.

Cantona, 51 anos, defendeu a seleção francesa como jogador entre 1987 e 1995.

Após pendurar as chuteiras em 1997, trabalhou como produtor, ator em vários filmes, além de diretor esportivo e comentarista para uma emissora de televisão europeia.

Além de França e Peru, o grupo C da Rússia-2018 conta com Dinamarca e Austrália.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte