Topo

Esporte

Bélgica e Inglaterra, francos favoritos do Grupo G

31/05/2018 11h58

Londres, 31 Mai 2018 (AFP) - Bélgica e Inglaterra são francos favoritos para conseguirem as vagas das oitavas de final no Grupo G, enquanto Tunísia e o estreante Panamá querem surpreender na Copa do Mundo da Rússia.

A considerada "geração de ouro" belga, que inclui estrelas como Kevin de Bruyne, Eden Hazard e Romelu Lukaku, ainda não conseguiu alcançar todo seu potencial.

Após a melhor participação em mundiais no México-1986, quando os 'Diabos Vermelhos' chegaram às semifinais, a classificação para as quartas de final há quatro anos foi vista como uma melhora.

Mas a eliminação para País de Gales na mesma fase da Eurocopa de 2016 resultou na demissão do técnico Marc Wilmots, sendo substituído de maneira surpreendente pelo técnico do Everton, Roberto Martínez.

Os comandados do espanhol superaram tranquilamente as eliminatórias europeias para a Copa da Rússia, mas persistem as dúvidas sobre a capacidade do treinador tirar o máximo da capacidade de seu elenco. Além disso, a decisão de deixar o meia Radja Nainggolan fora dos convocados não foi bem recebida pelos torcedores.

Já as expectativas da Inglaterra são modestas, depois de não conseguir chegar às quartas de final nos dois últimos grandes torneios que disputou. O destino dos comandados de Gareth Southgate dependerá muito do capitão Harry Kane, que finalmente começa a ter atuações na seleção do mesmo nível que apresenta no Tottenham.

O jovem grupo exibe talento ofensivo, mas existem dúvidas sobre a falta de opções de Southgate no meio de campo.

As esperanças da Tunísia em vencer seu primeiro jogo desde 1978 sofreram um baque após o descarte da estrela Youssef Msakniuna, com lesão no ligamento dos joelhos. Impacto que o técnico Nabil Maloul equiparou com uma suposta impossibilidade de Lionel Messi defender a Argentina.

Em sua primeira participação em Copas do Mundo, o Panamá é considerada a zebra da competição. O país eliminou os Estados Unidos nas eliminatórias, mas sofreu goleada de 6 a 0 em amistosos contra a Suíça.

Mais Esporte