Topo

Esporte

As curtas da Copa

21/06/2018 16h29

Moscou, 21 Jun 2018 (AFP) - Notícias curiosas ou divertidas registradas pela AFP no decorrer da Copa do Mundo da Rússia-2018.

- Tite em casaPara a sua segunda partida pela fase de grupos, contra a Costa Rica, a seleção brasileira está hospedada no hotel Corinthia, em São Petersburgo. Um nome sugestivo para o técnico Tite, lenda do Corinthians, com o qual alcançou grandes feitos, incluindo a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes em 2012.

Para esta Copa do Mundo, Tite convocou dois jogadores que atualmente vestem as cores do clube paulistano, o goleiro Cassio e o lateral Fagner. Quer tenha sido uma escolha deliberada ou uma simples coincidência, a torcida brasileira espera que o hotel traga boa sorte na sexta-feira para um time que precisa de vitória após o empate por 1 a 1 contra a Suíça na estreia.

- Relações sexuais permitidasAs esposas e namoradas dos jogadores islandeses chegaram nesta quinta-feira a Volgogrado para assistir ao jogo de sexta-feira contra a Nigéria. É a primeira vez que os jogadores puderam encontrar suas parceiras, e um jornalista do país nórdico perguntou ao capitão Aron Gunnarsson se havia alguma proibição de fazer sexo durante o torneio. "Até agora, sim", respondeu Gunnarsson, corando, aludindo ao fato de não terem se encontrado até então. O técnico Heimir Hallgrimsson esclareceu em seguida que não há veto sobre as relações sexuais.

- Torcedores no TinderAs partidas mais intensas da Copa do Mundo podem não estar sendo disputadas nos estádios... De acordo com o aplicativo de encontros Tinder, o número de "matches" (encontro entre dois perfis) aumentou na Rússia em 66% durante a competição. O número de "swipe" (correspondente à seleção de perfis que um usuário gosta) também disparou no país anfitrião em 42%. O número de usuários que estão geolocalizados na Rússia no momento é 24% maior que o normal, o que deixa claro que os torcedores não apenas aproveitam sua viagem para assistir aos jogos, mas também para conhecer novas pessoas. Ou tentar, pelo menos.

- Noites brancasO fenômeno das "noites brancas", que consiste na curta duração das noites nos países mais próximos dos círculos polares perto do solstício de verão, é perceptível na Copa do Mundo, especialmente em São Petersburgo, onde a falta da luz solar é de apenas três horas neste início de competição.

Inglaterra, Costa Rica, Arábia Saudita, Coreia do Sul e Croácia, que têm seus locais de concentração nos arredores da antiga capital imperial, se acostumaram a isso. "Temos boas cortinas, não é um problema", garantiu o atacante croata Mario Mandzukic. Talvez seja mais complicado para as equipes que chegam à cidade para disputar apenas um jogo. Thiago Silva admitiu que os brasileiros haviam estranhado a situação. "É um pouco difícil, não estamos acostumados", admitiu o zagueiro.

- Lembrança emotivaA Islândia fará todo o possível para derrotar a Nigéria na sexta-feira, mas os "vikings" demonstraram seu espírito esportivo ao homenagear o goleiro nigeriano Carl Ikeme, que não pôde participar da Copa do Mundo devido à leucemia.

Toda a equipe dedicou uma camisa assinada ao jogador e o atacante Jon Dadi Bodvarsson, que jogou com o Ikeme no Wolverhampton, postou uma foto no Instagram com uma mensagem de apoio: "Toda a seleção da Islândia está com você, Carl Ikeme". O técnico dos islandeses, Hemir Hallgrimsson, está orgulhoso dos seus pupilos: "Jogamos contra eles, mas isso é algo maior que o futebol. Desejamos-lhe o melhor".

bur-mcd-dr/psr/mr/mvv

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte