Topo

Esporte

Com lesão na coxa, Douglas Costa não enfrenta Sérvia

23/06/2018 12h47

Sochi, Rússia, 23 Jun 2018 (AFP) - O atacante Douglas Costa, que se destacou no segundo tempo da vitória do Brasil sobre a Costa Rica (2-0), sofreu um lesão na coxa direita e não enfrentará a Sérvia, no dia 27 em Moscou, anunciou o médico da Seleção, Rodrigo Lasmar, neste sábado em Sochi.

Segundo o médico da Seleção, Douglas, que entrou no intervalo da partida no lugar do Willian e participou do segundo gol brasileiro, dando a assistência para Neymar balançar as redes nos acréscimos, sentiu a lesão na parte final do jogo.

"Ontem, ao final do jogo, o Douglas Costa se queixou de dor na região posterior da coxa direita. Ele foi diagnosticado com uma pequena lesão muscular. Assim sendo, não viajará conosco (para Moscou), ficará em Sochi", explicou Lasmar, que lembrou que o atacante da Juventus se apresentou com uma lesão semelhante, mas na coxa esquerda.

Questionado pelos jornalistas, Lasmar garantiu que a participação de Douglas Costa na Copa do Mundo não está em perigo, a menos que o Brasil seja eliminado antes do previsto.

"Estamos otimistas com a participação dele ainda dentro da competição, dependendo claro do nosso desempenho dentro da Copa. Não estamos poupando esforços para que ele possa ainda nos ajudar nessa trajetória", disse o médico, que também explicou a situação física de Danilo, vetado na véspera do jogo contra a Costa Rica por dores no quadril.

"O Danilo teve uma lesão em músculo menor da região glútea, que faz girar o quadril. Por ser um músculo secundário, é uma lesão mais fácil de se recuperar", afirmou Lasmar, que também vetou a presença do lateral-direito para o jogo contra a Sérvia, no dia 27 em Moscou.

- Tornozelo de Neymar não preocupa -A lesão de Douglas Costa foi responsável por algo raro na Seleção: colocar Neymar em segundo plano, pelo menos por um dia.

A situação física de Neymar, porém, também foi pauta da coletiva de Lasmar, que tranquilizou a torcida brasileira em relação às dores no tornozelo direito que o afetam desde o primeiro jogo do Brasil na Copa, o empate em 1 a 1 com a Suíça.

"Na semana passada, todos viram um lance em que ele se queixou um pouco de dor (durante o treino). Como tínhamos previsto, treinou normalmente, foi para o jogo. Ele não teve nenhuma queixa novamente no pé, no tornozelo", garantiu o médico, afirmando também que Neymar está totalmente recuperado da cirurgia no pé direito realizada em março.

"Ele não tem mais nenhum problema no pé direito. Está totalmente recuperado, mas ainda está em crescente com relação a ritmo de jogo, confiança. A cada jogo, ele se sente um pouco melhor", garantiu.

Assim, contra a Sérvia, o Brasil terá Neymar e... Tite.

O técnico da Seleção acabou sofrendo uma "pequena lesão muscular na coxa" ao comemorar o primeiro gol de Philippe Coutinho contra os costarriquenhos, uma imagem que correu o mundo após o jogo, mas não "preocupa" para a sequência do Brasil na Copa.

"Estamos em uma situação onde até o treinador se lesionou. Isso é inédito na minha carreira", brincou Lasmar. "Mas, dentro do possível, ele está bem".

Nesta sexta-feira em Sochi, Tite comandou um treino leve com bola para os reservas e os jogadores que entraram durante a partida contra a Costa Rica, enquanto os titulares Fagner, Marcelo, Casemiro, Paulinho e Willian fizeram trabalho leve de alongamento e trote em volta do campo. Os outros titulares ficaram na academia do hotel da Seleção.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte