Topo

Esporte

Espanha busca vaga nas oitavas que fugiu em 2014

24/06/2018 07h41

Caliningrado, Rússia, 24 Jun 2018 (AFP) - Após não passar da fase grupos na Copa do Mundo do Brasil-2014, a Espanha busca nesta segunda-feira uma vaga nas oitavas de final do Mundial russo contra a já eliminada seleção de Marrocos.

Líder do Grupo B com os mesmos quatro pontos de Portugal, a Fúria precisa de um empate para garantir a classificação, mas, se quiser manter a liderança da chave, será importante vencer e ficar de olho no saldo de gol.

As duas seleções ibéricas estão empatadas em pontos e saldo de gol, com a Espanha aparecendo na primeira posição do grupo somente por ter um cartão amarelo a menos que os lusos, que enfrentam o Irã num duelo de vida ou morte para as duas seleções.

Os iranianos, terceiros com um só ponto somado, não terão outra alternativa a não ser buscar uma vitória convincente sobre Portugal para alcançar as oitavas de final.

Após empatar em 3 a 3 com Portugal e ganhar no sofrimento do Irã por 1 a 0, a Espanha busca agora uma vitória que não só dê a vaga nas oitavas, mas também apague algumas dúvidas sobre a qualidade de seu futebol apresentado até agora na Rússia.

- 'De menos a mais' -"O importante na Copa é ir evoluindo no campeonato, o que queremos é ir de menos a mais e tentar chegar até o fim e vencer, é claro", afirmou no sábado o atacante espanhol Lucas Vázquez.

Depois de encarar uma seleção iraniana ultraconservadora, a Fúria torce para que Marrocos, vindo de duas derrotas, seja mais agressivo e busque uma vitória de honra.

"Sabemos que eles estão jogando pela vaga nas oitavas, mas nós também estamos jogando para ficar com um gostinho melhor na boca", alertou o lateral marroquino Achraf Hakimi, jogador do Real Madrid.

Contra os Leões do Atlas, o técnico espanhol, Fernando Hierro, poderia recolocar Koke na equipe titular para fortalecer o meio de campo e dar a Diego Costa um companheiro de ataque, possivelmente Iago Aspas.

Sergio Busquets está a um cartão amarelo de ficar de fora de eventuais oitavas de final, mas parece pouco provável que Hierro não escale seu principal jogador de marcação.

- 'Salvemos nossa honra' -Especialmente contra um Marrocos motivado e que conta com um punhado de jogadores que atuam no futebol espanhol, como Achraf ou o atacante Nordin Amrabat.

Os comandados do técnico francês Hervé Renard já provaram que sabem jogar em velocidade e, apesar das derrotas para Irã e Portugal (ambas por 1-0), foram superiores aos adversários no conjunto das duas partidas.

Os marroquinos acabaram pecando na finalização, o que talvez não teria acontecido se pudessem contar com o atacante Munir el Haddadi, revelado pelo Barcelona e emprestado ao Alavés, mas que no passado atuou 15 minutos pela seleção espanhola, impossibilitando sua convocação.

Marrocos apelou à Fifa e ao TAS para poder contar com o jogador, mas as duas entidades negaram o direito de Munir defender uma segunda seleção na carreira.

"Espanha, última etapa em Kaliningrado. Salvemos nossa honra todos juntos", tuitou o técnico de Marrocos.

Prováveis escalações:

Espanha: David De Gea - Dani Carvajal, Gerard Piqué, Sergio Ramos, Jordi Alba - Sergio Busquets, Koke, Andrés Iniesta - Isco, Diego Costa, Iago Aspas. Técnico: Fernando Hierro

Marrocos: Mohand - Dirar, Benatia, Da Costa, Achraf Hakimi - Ziyech, Amrabat, El Ahmadi, Belhanda, Boussoufa - Boutaib. Técnico: Hervé Renard (FRA)

Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)

bur-gr/psr/am

GEA - GRENOBLOISE D'ELECTRONIQUE ET D'AUTOMATISMES SA

Mais Esporte