Topo

Esporte

França e Dinamarca entediam mas avançam às oitavas em primeiro e segundo

26/06/2018 14h47

Moscou, 26 Jun 2018 (AFP) - A França garantiu a primeira colocação do grupo C, nesta terça-feira em Moscou, depois de empate em 0 a 0 com a Dinamarca, que assegurou o segundo lugar e também vai disputar o mata-mata.

Foi o primeiro jogo sem gols na Copa do Mundo da Rússia. Os franceses já tinham carimbado a vaga nas oitavas e pouparam titulares, enquanto os dinamarqueses precisavam apenas de um empate para avançar.

"É o resultado que precisávamos. Jogamos contra um dos melhores times do mundo, teria sido idiota deixar espaço para eles", avaliou o técnico dinamarquês Age Hareide.

Após duas vitórias que garantiram a classificação, o técnico Didier Deschamps fez rotações no elenco no dia em que igualou Raymond Domenech como treinador com mais jogos pela França (79).

"O resultado convinha aos dois times, mas tivemos as chances de vencer", avaliou Deschamps.

Foram seis o número de alterações, entre elas o goleiro Steve Mandanda, que estreou em uma grande competição internacional após uma década de serviço aos Bleus.

- Griezmann novamente apagado -No ataque, Antoine Grizmann e Olivier Giroud foram acompanhados por Thomas Lemar, do lado esquerdo, e Ousmane Dembele, pelo lado direito.

Girou teve a primeira chance aos 15 minutos ao chegar depois de deixadinha de Lucas Hernandez. Kasper Schmeichel botou para escanteio.

A França tentava emplacar seu jogo de triangulações, mas não encontrava velocidade e a defesa dinamarquesa bloqueava as ofensivas sem muita dificuldade.

Já a Dinamarca, com um futebol mais direto, tampouco criou muito perigo ao gol defendido por Mandanda. Martin Braithwaite fez algum barulho em idas à linha de fundo.

Na reta final, os Bleus tentaram o gol, mas Dembelé chutou torto (33 minutos) e Griezmann arriscou mal da entrada da área (39).

Outra vez aquém do potencial, o atacante do Atlético de Madrid foi substituído no segundo tempo assim como nas duas primeiras partidas. Sua melhor jogada foi uma arrancada pelo lado direito, freada por entrada dura de Mathias Jorgensen, que recebeu cartão amarelo.

"Preciso continuar jogando. Mas no primeiro tempo fiquei bastante contente. Na segunda etapa tentei ficar mais perto da área e toquei menos na bola. Vou melhorar e tudo vai ir bem", garantiu Griezmann.

- Fekir e Mbappé mexem no jogo -Na segunda fase, a tendência se acentuou. A posse de bola era francesa, mas os atacantes não tinham imaginação para romper a retranca rival.

Como nos jogos anteriores, os nórdicos não pareciam incomodados com a situação e assustavam quando possível. Aos 9 minutos, a estrela Christian Eriksen arriscou de longe para a defesa tranquila de Mandanda.

Cinco minutos depois, o jogador do Tottenham teve outra oportunidade, mas não conseguiu pegar bem na bola.

Nabil Fekir, que entrou no lugar de Griezmann, e Kylian Mbappé, que ocupou a vaga de Dembelé, agitaram o adormecido ataque francês.

Pouco depois de entrar, o primeiro arriscou chute forte e acertou a rede pelo lado de fora. Aos 37, após tabela com Mbappé, quase acho o caminho do gol mas foi parado pela defesa de Schmeichel.

Com vaias de uma torcida entediada, a partida se desenrolou até o final com poucas chances. O empate sem gols era bom para as duas equipes.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte