Topo

Esporte

Inglaterra e Bélgica definem a liderança do Grupo G

27/06/2018 08h10

Kaliningrado, Rússia, 27 Jun 2018 (AFP) - Inglaterra e Bélgica, já classificadas para as oitavas de final, se enfrentam na quinta-feira em Kaliningrado (15h00 de Brasília) para definir qual equipe terminará na liderança do Grupo G da Copa do Mundo da Rússia-2018.

As duas seleções estão empatadas em pontos e saldo de gols, mas os ingleses lideram o grupo no critério dos cartões, pois receberam um cartão amarelo a menos que os belgas (2 a 3).

O vencedor da partida será o líder do grupo, mas um empate pode fazer com que o primeiro lugar seja definido pelo critério das advertências.

Este será o terceiro confronto entre os dois países na história das Copas, mas como as equipes já estão garantidas na próxima fase, a partida não promete muita tensão.

- Poupar jogadores -"É um jogo que podemos celebrar e aproveitar. Há muitas sensações dos dois lados, com os dois já classificados. Acredito que será quase uma celebração", afirmou na segunda-feira o técnico da Bélgica, o espanhol Roberto Martínez.

O treinador deu a entender que poderia poupar contra a Inglaterra jogadores como Kevin de Bruyne e Romelu Lukaku, que recebeu uma pancada no tornozelo na goleada de 5-2 sobre a Tunísia, mas que não preocupa os médicos.

O zagueiro Vincent Kompany retornou aos treinos, recuperado de uma lesão na coxa, mas Martínez decidirá apenas no último momento se ele jogará contra a Inglaterra.

O técnico cogita preservar os jogadores que receberam cartão amarelo, caso de De Bruyne, para evitar que uma segunda advertência que deixaria os atletas fora das oitavas de final.

Outro fator interessante para o jogo é que, paradoxalmente, o segundo colocado no grupo pode ter um percurso mais favorável que o líder da chave, mas os belgas afirmam que desejam a vitória.

"Ninguém vai fazer cálculos. Todos querem ganhar. Nas oitavas todas as equipes são perigosas", declarou o meia Marouane Fellaini.

"Há pessoas que falam sobre o que temos que fazer contra a Bélgica em função dos caminhos até a final, mas nosso único foco contra a Bélgica é vencer a partida", declarou o técnico da Inglaterra, Gary Southgate.

O confronto terá jogadores que se conhecem muito bem, já que vários beldas, como Eden Hazard, Fellaini, Lukaku, Toby Alderweireld, entre outros, jogam na Premier League inglesa.

"Antes do torneio, no vestiário do Tottenham, onde estão vários belgas e ingleses, nos perguntávamos quem venceria a partida", disse o zagueiro Alderweireld.

Os belgas derrotaram o Panamá (3-0) e a Tunísia (5-2), enquanto os ingleses, que venceram os tunisianos por 2-1 na estreia e golearam os panamenhos por 6-1 na segunda rodada.

Dependendo das escalações, a partida de quinta-feira terá o duelo entre o inglês Harry Kane, artilheiro da Copa até agora com cinco gols, e Lukaku, que já balançou as redes quatro vezes.

Os ingleses sonham em chegar longe da Copa, após as seguidas eliminações nos últimos anos em grandes torneios.

"Sabemos que a Bélgica é um rival duro e vamos precisar do nosso melhor jogo para conseguir a vitória", afirmou o goleiro inglês, Jordan Pickford.

Prováveis escalações:

Inglaterra: Pickford - Maguire, Stone, Jones - Tripier, Loftus-Cheek, Henderson, Lindgard, Young - Kane, Raheem Sterling. Técnico: Gareth Southgate.

Bélgica: Mignolet - Vermaelen (o Alderweireld), Boyata, Kompany (o Vertonghen) - Hazard, Tielemans, Dembélé, Chadli - Januzaj, Fellaini, Batshuayi. Técnico: Roberto Martínez (ESP).

Árbitro: Damir Skomina (SVN)

bur-gr/psr/fp

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte