Topo

Esporte

Milan excluído da próxima Liga Europa

27/06/2018 13h26

Lausana, Suíça, 27 Jun 2018 (AFP) - A Uefa excluiu o Milan da próxima Liga Europa, depois do time italiano ser enquadrado no fair-play financeiro, anunciou nesta quarta-feira a instância europeia.

"O clube está excluído de toda competição europeia para a qual tenha se classificado nas duas próximas temporadas", decidiu a Uefa. Desta forma, o Milan, que estava classificado para a próxima Liga Europa, não poderá participar da competição.

O time poderá participar das competições europeias durante a temporada 2019/2020, caso se classifique.

Campeão de sete Ligas dos Campeões, e propriedade do ex-primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi por muitos anos, o Milan foi comprado por investidores chineses em abril de 2017 por 740 milhões de euros.

Desde então, a Uefa se preocupou com a estabilidade econômica do consórcio, que gastou cerca de 200 milhões de euros na temporada passada para recrutar novos jogadores e que contraiu um empréstimo colossal do fundo de investimento americano Elliott.

A câmara de julgamento da autoridade europeia de controle financeiro dos clubes (ICFC), presidida pelo jurista português José Narciso da Cunha Rodrigues, afirmou que o clube italiano violou as regras do fair- play financeiro relativas, em particular, à necessidade de equilíbrio financeiro.

O clube pode apelar ao Tribunal de Arbitragem do Esporte (TAS), órgão supremo de justiça esportiva com sede em Lausanne.

Em 22 de maio, a ICFC decidiu transmitir o dossiê do Milan à câmara de julgamento.

Após exame das peças e das explicações dadas pelo clube, a câmara de instrução da ICFC considerou que as circunstâncias não permitiam a conclusão de um acordo com o clube, como pedia a entidade italiana. Os juízes instrutores avaliaram que "não existiam certezas sobre o refinanciamento de um empréstimo que deve ser reembolsado em outubro de 2018".

Em 20 de abril, ao final de uma reunião na sede da Ueaf, em Nyon, o diretor-geral do Milan, Marco Fassone, estimou que a atual gestão do clube estava pagando os erros da gestão de Silvio Berlusconi.

Com esta exclusão da Liga Europa, o AC Milan torna-se o clube de maior prestígio a sofrer uma exclusão de competições europeias ligadas ao fair-play financeiro.

O Milan terminou em 6º no último campeonato italiano, vencido pela Juventus.

ebe/fbr/chc/mr

GALATASARAY SPORTIF

JUVENTUS FOOTBALL CLUB

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte