Topo

Esporte

Japão administra derrota para Polônia e garante vaga nas oitavas

28/06/2018 15h11

Volgogrado, Rússia, 28 Jun 2018 (AFP) - O Japão garantiu a segunda colocação do grupo H e a vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo, nesta quinta-feira em Volgogrado, mesmo perdendo por 1 a 0 para a Polônia, que se despediu da competição com a primeira vitória no torneio.

A partida ficou marcada por uma atitude vergonhosa do time japonês, que administrou a derrota sabendo que conseguiria a classificação no critério disciplinar, caso o jogo entre Senegal e Colômbia terminasse com a vitória sul-americana por 1 a 0. Foi o que aconteceu.

"Decidi manter o nosso jogo como estava e confiar no outro resultado. Meus jogadores foram muito leais escutando o que eu disse e seguindo minha decisão", reconheceu o técnico japonês Akira Nishino.

Com os resultados, a Colômbia terminou na primeira colocação com seis pontos, seguida de Japão e Senegal, empatados com quatro unidades, e Polônia, com três.

Jan Bednarek fez o gol da partida, aos 14 minutos do segundo tempo, e garantiu a única vitória polonesa na Copa. Robert Lewandowski, esperança de gol da equipe, não conseguiu corresponder às expectativas e passou em branco.

"A vitória não adocica as primeiras derrotas", analisou o técnico polonês Adam Nawalka.

- Fair-play ou não? -O Japão começou a partida melhor, impossibilitando a troca de passes da Polônia e explorando a velocidade para tentar jogadas nos espaços deixados pelos europeus. Até os 20 minutos, só os Samurais geraram perigo, em chutes de Muto (12) e Sakai (15) defendidos pelo goleiro Fabianski.

Mas a grande jogada do primeiro tempo veio do time polonês. Após cruzamento pelo lado direito, Grosicki cabeceou no cantinho rente à trave, mas Kawashima voou para buscar e tirar em cima da linha, aos 32. A tecnologia da linha do gol entrou em ação e comprovou que a bola não entrou por completo.

Na volta do intervalo, a partida ficou mais morna até os 14 minutos. Foi quando a Polônia conseguiu explorar uma de suas forças e abrir o placar em jogada de bola parada. Em cobrança de falta da intermediária, Kurzawa levantou a bola na área e Bednarek apareceu como um atacante para emendar de primeira com o pé direito.

A desvantagem obrigou o Japão a partir para cima em busca de um empate, já que a derrota poderia significar a eliminação dependendo do resultado entre Senegal e Colômbia no outro jogo do grupo.

Com sorte, os sul-americanos venciam por 1 a 0 e deixaram tudo igualado nos critérios de desempate. Os Samurais, no entanto, tinham vantagem por conta do menor número de cartões amarelos recebidos durante a competição e começaram a cozinhar o jogo esperando que os placares continuassem garantindo sua classificação.

Dito e feito. Mesmo com a derrota e postura vergonhosa nos minutos finais, o Japão assegurou a vaga nas oitavas de final e espera o segundo colocado do grupo G, decidido no duelo direto entre Bélgica e Inglaterra.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte