Topo

Esporte


Presidente do Bayern diz que defenderá Kovac "até a morte"

2018-10-08T10:58:00

08/10/2018 10h58

Berlim, 8 Out 2018 (AFP) - Sob pressão após uma série de resultados decepcionantes, o técnico do Bayern de Munique, o croata Niko Kovac, recebeu nesta segunda-feira o apoio do presidente do clube, Uli Hoeness, que o defenderá "até a morte".

"Defenderei Niko Kovac até a morte", afirmou Hoeness à revista Kicker, na tentativa de por um fim às especulações sobre uma possível demissão do técnico, após quatro jogos seguidos sem vitória do Bayern.

"Estou com ele, pouco importa o que aconteça nas próximas semanas", completou o dirigente.

Após um início excelente de temporada com sete vitórias seguidas, o atual campeão alemão somou dois empates, contra Augsburg (1-1) e Ajax (1-1), e duas derrotas, para Hertha Berlim (2-0) e Borussia Monchengladbach (3-0).

Com os últimos tropeços, o Bayern, clube mais poderoso do país, se encontra numa incômoda sexta colocação no Campeonato Alemão, a quatro pontos do líder Borussia Dortmund após sete rodadas. É o pior início de temporada do clube desde 2010-2011.

Kovac, que substituiu Jupp Heynckes no posto de técnico do Bayern para esta temporada, terá agora uma trégua de cerca de 12 dias devido à data Fifa. O Bayern volta a campo no dia 20 de outubro para enfrentar o Wolfsburg.

Mais Esporte