Topo

Fórmula 1


Ferrari pede revisão da punição a Vettel no Grande Prêmio do Canadá

Mark Thompson/Getty Images/AFP
Vettel na coletiva de imprensa após o GP do Canadá Imagem: Mark Thompson/Getty Images/AFP

2019-06-17T18:01:11

17/06/2019 18h01

A Ferrari fez valer diante da Federação Internacional do Automóvel (FIA) seu direito de revisão da punição imposta a Sebastian Vettel que o fez perder o Grande Prêmio do Canadá, em 9 de junho.

O código esportivo internacional da FIA estabelece um direito de revisão "caso seja descoberto um elemento novo, significativo e pertinente que não estava à disposição das partes".

Os comissários esportivos devem agora estudar a validez do recurso e dos novos elementos trazidos pela Ferrari antes de dar um parecer inicial.

Vettel foi punido por um regresso perigoso à pista na 48ª volta do GP do Canadá, depois de sair do traçado e prensar Lewis Hamilton (Mercedes) contra a parede, impedindo o adversário britânico de assumir a liderança.

Os comissários da prova puniram Vettel com cinco segundos de penalização, o que lhe custou a vitória, que ficou com Hamilton, seu maior rival.

A Ferrari não demorou em recorrer da decisão, mas a FIA negou o recurso, oficializando a vitória de Hamilton e o segundo lugar de Vettel.

A punição desencadeou uma verdadeira polêmica no automobilismo, com ex-pilotos criticando a decisão dos comissários da prova de punir de maneira dura demais um acidente de prova normal.