Topo

Tênis


Tênis

Del Potro fratura joelho e pode ficar de fora do restante da temporada

REUTERS/Marcos Brindicci
Tudo igual! Del Potro fecha game diante de Andy Murray Imagem: REUTERS/Marcos Brindicci

2019-06-20T12:55:00

20/06/2019 12h55

Melhor atleta sul-americano no ranking da ATP, Juan Martín del Potro continua vivendo com seu maior adversário: as lesões. Nesta semana, o argentino estava em busca do título do ATP 500 de Queen, porém teve que desistir da competição por causa de uma lesão confirmada no joelho direito. Para piorar a situação, Delpo terá que passar por cirurgia para tratar o problema físico e poderá perder o restante da temporada do tênis. A informação foi confirmada pelo seu empresário.

"Os exames realizados em uma clínica de Londres indicaram que Juan Martín del Potro voltou a sofrer uma fratura no joelho direito. A intervenção cirúrgica será realizada nos próximos dias", afirmou Jorge Viale, membro da equipe do argentino, em um tuíte publicado nesta quinta-feira (20). Com isso, Del Potro não jogará o torneio de Wimbledon nesta temporada.

A lesão aconteceu na partida diante do jovem talentoso Denis Shapovalov. Na ocasião, Del Potro até conseguiu vencer na estreia, por 2 sets a 0, parciais 7-5 e 6-4, porém teve a lesão confirmada logo após o confronto canadense e informou que não conseguiria enfrentar o espanhol Feliciano López, pela segunda rodada do torneio preparatório para Wimbledon.

A carreira de Del Potro é marcada por grandes conquistas e momentos de enorme superação. Campeão do US Open de 2009 (último atleta sul-americano a conquistar um Major), o argentino ficou muito perto de encerrar a carreira precocemente em 2015 por causa de diversas cirurgias no punho que o impossibilitavam de ter uma sequência dentro de quadra. Até aquele momento, o tenista já tinha feito seu nome na história, com duas dezenas de títulos e grandes vitórias diante dos maiores nomes da modalidade, como Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic.

Mesmo com as dificuldades e as incessantes dores, Delpo retornou às quadras em 2016 e fez mais história desde então: medalha de prata na Olimpíada realizada em 2016, no Rio de Janeiro (eliminando Djokovic na primeira rodada), campeão do Masters 1000 de Indian Wells em 2018, peça fundamental no título inédito da Argentina na Copa Davis e retorno ao Top 3 do mundo.

O tenista argentino também é lembrado por muitos pelo seu carisma e pelo seu carinho com os torcedores. Além de interagir de forma amigável com seus fãs e amantes do tênis, Del Potro faz questão de demonstrar respeito com seus adversários, seja dentro ou fora de quadra, sendo elogiado por grandes nomes da modalidade pela sua conduta exemplar.