Topo

Esporte


Ana Marcela Cunha conquista segundo ouro no Mundial de Esportes Aquáticos

19/07/2019 11h27

Yeosu, Coreia do Sul, 19 Jul 2019 (AFP) - A brasileira Ana Marcela Cunha imprimiu seu nome na história da competição em águas abertas ao conquistar nesta sexta-feira a medalha de ouro na disputa dos 25 km na maratona aquática do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos em Gwangju (Coreia do Sul), dois dias depois de vencer os 5 km.

Cunha venceu o evento em águas abertas com um tempo de 5 horas, 8 minutos e 3 segundos, ficando à frente da alemã Finnia Wunram que levou a prata (5h08:11,60) e da francesa Lara Grangeon, bronze, com um registro de 5h08:21,20.

"Me sinto feliz de ter vencido esta prova e ter conseguido meu segundo ouro neste Mundial, mas, sinceramente, eu vim para a Coreia do Sul para ganhar três medalhas e as cores das medalhas não me importavam", declarou a campeã após a prova.

Com este segundo triunfo na Copa do Mundo de Gwangju-2019, a brasileira de 27 anos, que renovou os 25 km conquistados há dois anos na Hungria, já conquistou seu quinto título na história das Copas do Mundo e sua décima primeira medalha.

Dos cinco títulos mundiais conquistados pela nadadora de Salvador, quatro chegaram na especialidade de 25 km, depois das vitórias nessa distância nas competições de Xangai-2011, Kazan-2015 e Budapeste-2017.

"No início da prova me perguntei se o evento duraria os 25 km completos por causa das condições chuvosas e da pouca visibilidade", admitiu a brasileira.

"Depois de três horas a prova seria oficializada, então queria ter certeza que, se isso acontecesse, estaria liderando naquele momento. Depois de 8 voltas eu estava pronta para terminar e ganhar uma medalha, me sentia muito confiante", concluiu Ana Marcela Cunha.

Além de ganhar os 5 e 25km de águas abertas da Copa do Mundo da Coreia do Sul, Ana Marcela Cunha terminou em quinto lugar no último final de semana na prova de 10km, a única distância olímpica em águas abertas.

Com essa quinta posição, a brasileira se classificou para o evento japonês no ano que vem, mas, apesar de não conseguir subir no pódio mundial nessa oprova, os dois ouros dos 5 e 25 quilômetros acabaram superando sua decepção.

Ana Marcela também fez parte da equipe brasileira que na quinta-feira ficou em quarto lugar na prova dos 5 km mistos.

Por outro lado, o francês Axel Reymond conservou o ouro na prova masculina dos 25 km.

Reymond, 25 anos, também bicampeão europeu de 25 km (2014 e 2016), venceu em 4 horas, 51 minutos, 6 segundos e 2 centésimos o russo Kirill Belyaev (4h51:06.05) e o italiano Alessio Occhipinti completou o pódio.

Com os dois ouros de Ana Marcela, o Brasil ocupa atualmente o quarto lugar na tabela de medalhas da Copas do Mundo Aquática, atrás da China (11 ouros e 17 medalhas), Rússia (6 ouros e 10 medalhas) e Alemanha (2 ouros e 5 medalhas).

bur-psr /cn

Mais Esporte