Topo

Esporte


Cruzeiro visita atual campeão River Plate na ida das oitavas da Libertadores

22/07/2019 13h55

Buenos Aires, 22 Jul 2019 (AFP) - Mal das pernas no Campeonato Brasileiro e bem na Copa do Brasil, o Cruzeiro muda o foco para a Copa Libertadores, na qual enfrentará nesta terça-feira em Buenos Aires o atual campeão River Plate, pelo jogo de ida das oitavas de final da competição.

Além de ser um verdadeiro clássico sul-americano, o duelo entre Cruzeiro e River Plate coloca frente a frente duas equipes apontadas como favoritas ao título continental.

De positivo, o Cruzeiro tem a seu favor o fato de chegar ao jogo com mais ritmo de jogo após a Copa América, já tendo disputado duas rodadas do Campeonato Brasileiro e as quartas de final da Copa do Brasil, nas quais eliminou o arquirrival Atlético Mineiro.

Mas o técnico Mano Menezes ainda tem dúvidas sobre a possibilidade de escalar o meia Thiago Neves, que se recupera de lesão.

"Sabemos o que essa partida vale. Não colocamos Thiago nos últimos jogos para poder contar com ele nesta terça-feira. Será uma partida que vai exigir 110% de todos", analisou Mano, que adiantou que, caso não tenha condições, Thiago Neves será substituído por Robinho.

Entre Copa do Brasil e Brasileirão, o Cruzeiro está há três jogos sem vencer e sem marcar gols, já que empatou em 0 a 0 com Botafogo e Bahia no campeonato nacional, no qual está às margens da zona de rebaixamento, e foi derrotado por 2 a 0 pelo Atlético Mineiro no jogo de volta da Copa. Na ida, havia vencido o arquirrival por 3 a 0, o que lhe valeu a vaga nas semifinais.

O Cruzeiro chegou às oitavas de final da Copa Libertadores como primeiro colocado do Grupo B com uma campanha quase perfeita na fase de grupos, enquanto o River Plate foi apenas o segundo no Grupo A, um resultado decepcionante que fez o gigante argentino encarar um adversário de peso logo no primeiro confronto de mata-mata.

- Pratto é dúvida -Os argentinos encaram a Raposa no primeiro jogo sem reforços pós-Copa América, já que ainda não conseguiram concluir a negociação pelo zagueiro chileno Paulo Díaz, único jogador pedido pelo técnico Marcelo Gallardo. Por outro lado, deu tempo dos 'milionários' recuperarem diversos jogadores lesionados.

Depois do recesso, o River disputou dois amistosos contra equipes mexicanas nos Estados Unidos, onde golearam por 5 a 1 o Guadalajara e venceram por 2 a 0 o América. Em seguida, fizeram a torcida sofrer, eliminado nos pênaltis o modesto Gimnasia y Esgrima de Mendoza, da segunda divisão, na Copa da Argentina.

A grande dúvida de Gallardo para o duelo contra o Cruzeiro é a presença do atacante Lucas Pratto, que há dois meses lida com uma lesão no quadril.

River e Cruzeiro já se enfrentaram duas vezes na história do mata-mata da Libertadores. Em 1976, a Raposa se sagrou campeã ao vencer a final contra os argentinos, que deram o troco em 2015 nas quartas de final.

O duelo será disputado no estádio Monumental de Buenos Aires às 19h15, horário de Brasília, e será apitada pelo árbitro chileno Julio Bascuñán. O compatriota Piero Maza será o responsável pelo VAR.

O jogo de volta acontecerá em 30 de julho em Belo Horizonte e o classificado enfrentará o vencedor do confronto entre San Lorenzo e Cerro Porteño.

- Prováveis escalações:

River: Franco Armani - Gonzalo Montiel, Lucas Martínez Quarta, Javier Pinola e Fabrizio Angileri - Enzo Pérez, Ignacio Fernández, Nicolás De La Cruz e Exequiel Palacios - Lucas Pratto ou Julián Álvarez e Matías Suárez. T: Marcelo Gallardo.

Cruzeiro: Fábio - Luis Manuel Orejuela, Léo, Dedé e Egídio - Henrique e Lucas Romero - Pedro Rocha, Robinho o Thiago Neves e Marquinhos Gabriel - Fred. T: Mano Menezes.

str/dm/am

Mais Esporte