Esporte

Pupilo dos Gracies dá show e finaliza brasileiro no UFC 195

02/01/2016 23h48

Diego Brandão encara Brian Ortega neste sábado - Diego Ribas

Diego Brandão encarou Brian Ortega neste sábado – Diego Ribas

Primeiro evento do UFC na temporada 2016, o show de número 195 teve lugar no tradicional Hotel Cassino MGM, em Las Vegas (EUA), neste sábado (2), e após um card preliminar demorado e dominado por decisões dos jurados, a parte principal da noite começou com tudo. E teve brasileiro em ação.

Depois de Abel Trujillo dar cabo de Tony Sims ainda no primeiro assalto, Diego Brandão entrou no octógono para fazer a segunda luta do main card diante do então invicto Brian Ortega, pupilo dos irmãos Rener e Ryron Gracie, que tem como grande arma o justo jogo de finalizações no chão.

Melhor em pé, Diego andou para frente durante todo o primeiro round e dominou a combinação volume e potência, além de conectar duas quedas. Acuado na trocação, o americano se sentia confortável apenas quando a disputa ia para solo, onde abria a guarda para tentar uma finalização e permitia que o campeão do TUF 14 levantasse e pedisse por mais luta em pé.

Na etapa seguinte, o brasileiro seguiu buscando a troca de golpes, mas diminuiu o volume e apostou na contundência de seus cruzados e, andando para trás, optou por apostar nos contragolpes com a base trocada, agora como canhoto. A estratégia deu mais espaço para o rival, que dividiu o domínio do octógono no assalto e usou sua envergadura para conectar jabs.

No terceiro e último round, o cansaço dos atletas era evidente, e uma vez suados e lentos, o jogo de embolar do americano se mostrou mais uma vez eficiente, e um rápido triângulo, Ortega deu cabo de mais um brasileiro, com a mesma estratégia de prolongar a disputa que usou contra Thiago Tavares.

Retorno triunfante

Apesar dos 24 anos, Michael McDonald ostenta cartel de veterano. Com até então 19 lutas, sendo 16 vitórias, o americano retornou ao octógono após dois anos afastado devido à uma série de lesões e voltou a sentir o gosto da vitória diante do japonês Masanori Kanehara.

Com receio do precisos golpes do americano, Kanehara tratou de levar o combate para o solo no primeiro assalto, quando quase acabou vítima de uma justa guilhotina. Na raça, o atleta nipônico escapou do golpe, destino que não se repetiu no round seguinte, quando bateu após receber um estrangulamento em dois minutos.

Queda irlandesa

A terceira luta da noite envolvia pesos-leves (70 kg) que diretamente remetiam à imagem de Conor McGregor, campeão da categoria de baixo. Enquanto Dustin Poirier travou intensa rivalidade com o falastrão antes de ser nocauteado, Joseph Duffy carregava consigo o status de ter sido o último atleta a bater ‘The Notorius’ no MMA. Fato este que não lhe garantiu um round sequer.

Diante de um empolgado Poirier, a nova promessa irlandesa do MMA não viu a cor da bola e após um primeiro assalto disputado, quando chegou a encurralar o rival nas grades com rápida combinação de socos, viu a vitória parcial escapar pelas mãos após ceder uma queda no minuto final.

A partir daí, o americano mostrou condicionamento físico e a disposição que o tornaram famoso no esporte. Quedas, golpes em linha reta e domínio territorial ditaram os dois rounds finais que só foram levemente abalados pelas tentativas de finalização aplicadas pelo algoz de McGregor, que deixou o octógono desfigurado e com uma derrota por decisão unânime.

Confira os resultados do UFC 195:

Brian Ortega finalizou Diego Brandão no 3º round;
Abel Trujillo finalizou Tony Sims no 1º round;
Michael McDonald  finalizou Masanori Kanehara no 2º round;
Alex Morono venceu Kyle Noke por decisão dividida;
Justine Kish venceu Nina Ansaroff por decisão unânime;
Drew Dober venceu Scott Holtzman por decisão unânime;
Dustin Poirier venceu Joseph Duffy por decisão unânime;
Michinori Tanaka venceu Joe Soto por decisão dividida;
Sheldon Westcott nocauteou Edgar García no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo