Esporte

Brasileiros vencem todas no UFC 199; genro de Muhammad Ali empata

Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images
Jéssica "Bate-Estaca" Andrade castiga a americana Jessica Penne Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

04/06/2016 18h53

Após um começo de ano desastroso em que além de ficarmos com apenas um campeão do UFC presenciamos seguidas derrotas no octógono, incluindo um evento com quatro revezes e sem nenhum triunfo na semana passada, nossos representantes reverteram, ao menos momentaneamente, o cenário negativo neste sábado (4), em Los Angeles (EUA).

Com disposição de sobra, Jéssica ‘Bate Estaca’ e Luiz ‘Frankenstein’ deixaram o octógono com o gosto da vitória e deram uma pausa na “zica” brasileira em 2016. Estreando como peso-palha (52 kg), Jéssica rendeu mais que o esperado diante da xará de sobrenome Penne, que mesmo mais experiente não viu a cor da bola.

Ex-desafiante ao título da categoria, a americana apanhou em pé desde o soar do gongo inicial e não achou o tempo ideal para clinchar e levar a luta para o chão. Desta forma, ela se limitou a atacar com joelhadas, vantagem garantida pela diferença de altura, mas que terminou por abrir seguidas brechas aos cruzados curtos da paranaense.

No metade do segundo assalto, ‘Bate Estaca’ se eu ao luxo de recusar ir ao chão e, para delírio da torcida, pedir que a rival, cambaleada, levantasse para nova sessão de castigo em pé até que o combate fosse interrompido pelo árbitro.

Em sua primeira apresentação no UFC, Luis 'Frankenstein' mostrou o ímpeto de costume e, apesar de ter cansado mais do que o esperado, travou intensa trocação e não parou de atacar até que, montado, deixasse o americano sem chances de defesa, obrigando o árbitro a interromper o confronto já no segundo assalto.

Empate com sabor de derrota

Genro do lendário boxeador Muhammad Ali, que faleceu na última sexta-feira (3) aos 74 anos após lutar por dias contra problemas respiratórios, o americano Kevin Casey travou duelo equilibrado contra Elvis Mutapcic, quando deixou a vitória escapar por pouco.

Melhor no início, o faixa-preta de Rickson Gracie derrubou, montou e bateu, largando com considerável folga no combate. Ritmo que se manteve nos momentos iniciais do segundo assalto, até que o duvidoso preparo físico de Kevin entrasse em ação e ele fosse ficando para trás com o passar do combate.

Na última etapa, Elvis sobrou e chegou a anotar um 10 x 8 nas papeladas de um dos jurados. No entanto, o equilíbrio do segundo round e uma curiosa combinação de resultados terminou com um empate que deixou os presentes visivelmente insatisfeitos.

Confira os resultados do UFC 199:

Brian Ortega nocauteou Clay Guida no 3º assalto;
Beneil Dariush nocauteou James Vick no 1º assalto;
Jéssica ‘Bate Estaca’ nocauteou Jessica Penne;
Alex Caceres venceu Cole Miller por decisão unânime;
Sean Strickland venceu Tom Breese por decisão dividida;
Luis ‘Frankenstein’ nocauteou Jonathan Wilson no 2º round;
A luta entre Kevin Casey e Elvis Mutapcic terminou empatada;
Marco Polo Reyes nocauteou Dong Hyun Kim no 3º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo