Esporte

Joanna explica motivo pelo qual tratou mal Claudia Gadelha no TUF

Reprodução / UFC
Imagem: Reprodução / UFC

Ag. Fight

05/07/2016 15h29

Joanna Jedrzejczyk e Claudia Gadelha lideram atualmente uma das maiores rivalidades do mundo do MMA. Inimigas públicas, elas vêm travando uma verdadeira guerra de palavras por meio da imprensa e de redes sociais. Com a revanche entre as lutadoras chegando mais perto – será nesta sexta-feira (8), em Las Vegas – o clima segue quente.

Nesta terça (5), ambas estiveram em um treino aberto para a imprensa em Vegas onde puderam falar um pouco mais do clima bélico que estão vivendo desde as gravações do The Ultimate Fighter 23, o reality show do Ultimate. E a polonesa campeã peso-palha (52 kg) aproveitou para explicar o motivo de ter sido tão rude com a brasileira.

“Eu não posso culpar a produção do TUF por coisas que eu disse. O que eu disse, eu disse e o que eu fiz, eu fiz. Mas eu acredito que na vida real, nós aceitamos algumas pessoas e outras não. E definitivamente a Claudia é uma pessoa que eu não aceito. Eu não posso aceitar que ela leve meu cinturão, minha vida, meus sonhos e meu objetivos para longe de mim. Foi por isso que eu agi daquela forma. A produção não tinha como colocar todas as histórias. Eu sei de todas as histórias e eu posso falar honestamente que não tinha tempo suficiente para mostrar todas as histórias que aconteceram lá”, afirmou a campeã, que em outra ocasião já chegou a dizer que não assistiu ao TUF por achar que a edição do programa não a favorecia.

“Foram muitas histórias boas, muitos momentos. Eu gostaria de fazer isso novamente. Se eles escolhessem uma pessoa mais segura para mim, eu faria. O mais importante para mim foi ser uma professora, uma amiga para todas as minhas lutadoras. Eu ainda recebo muitas mensagens de todas as minhas lutadoras e elas dizem que eu mudei coisas nelas para melhor e isso é o que realmente importa e o que me deixa feliz. Muitas vezes as coisas não acontecem como planejamos, mas é a vida. Essa sou eu. É assim que eu ajo quando eu estou defendendo meus sonhos, meus ideais”, completou.

Apesar do grande clima de rivalidade entre as duas, dessa vez Joanna foi mais branda nos ataques a Claudinha e chegou até a admitir que a brasileira é uma ameaça real ao seu reinado dentro do UFC. Até por isso, a polonesa revelou que fez um dos camps mais duros de sua carreira profissional.

“Eu continuo sendo a pequena Joanna de uma cidadezinha da Polônia. Eu continuo tendo os meus objetivos e os meus sonhos. Algumas pessoas podem até achar que fazemos tudo por fama, mas não é por isso. Fazemos porque queremos ser o melhor, é algo como se desafiar todos os dias. Eu quero ser a melhor, eu quero continuar invicta. Isso pode durar até esse ano ou até o ano que vem, eu não sei. Mas sei que a Claudia Gadelha é uma pessoa em que eu preciso ficar atenta e segura para que todos os meus sonhos se tornem realidade. Estou ficando cada dia mais confiante desde que cheguei em Vegas. Minha preparação está sendo tranquila e suave, sem nenhuma lesão. Eu estou me desafiando todos os dias e esse camp foi muito duro e pesado para mim, mas eu sei que eu estou pronta. Eu me sinto pronta e mal posso esperar até sexta-feira”, garantiu.

Joanna e Claudinha fazem a luta principal do TUF 23 Finale. O duelo é uma revanche entre as atletas que já se enfrentaram em dezembro de 2014, quando a polonesa levou a melhor por decisão dividida dos juízes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo