Esporte

Irônico, Jones usa passado e diferença de idade para desestabilizar Cormier

reprodução
Imagem: reprodução

Ag. Fight

06/07/2016 14h52

Um dos momentos mais aguardados da coletiva de imprensa pré-UFC 200 realizada nesta quarta-feira (6) em Las Vegas (EUA) era o encontro entre Jon Jones e Daniel Cormier. Desafetos declarados, os atletas que farão a luta principal do evento deste sábado usaram as perguntas feitas pelos jornalistas presentes para mandar recado um ao outro – principalmente Bones.

A postura de Jones foi a mais agressiva e irônica durante a realização da coletiva. Ex-campeão linear dos meio-pesados (93 kg), o norte-americano apenas perdeu seu cinturão por ter se envolvido em um acidente automobilístico e fugir do local, o que acabou fazendo o Ultimate cassar seu título. Bones terá a chance de recuperar seu reinado daqui três dias, mas, aos 28 anos, ele sabe que ainda tem muito tempo de carreira pela frente.

Esse, aliás, foi um dos pontos utilizados por Jon Jones para tentar desestabilizar seu rival. Aos 37 anos e já tendo perdido uma vez para Bones, Cormier sabe que essa luta pode definir muita coisa sobre seu futuro como atleta profissional de MMA e esse tema foi levantado por seu adversário.

“Eu não me vejo perdendo essa luta. Mas sei que ainda não é um ponto crucial da minha carreira. Eu tenho apenas 28 anos e me vejo lutando por mais dez anos, quem sabe. Já o Cormier, com a sua idade e tendo perdido quando me enfrentou anteriormente. Talvez a derrota para ele não seja apenas uma derrota. Vou devastar o seu legado”, afirmou Jones.

Bones tem um passado recheado de polêmicas que incluem até doping por cocaína e excessos com álcool. Ele garante que está limpo e que não bebe há meses, mas isso já foi questionado por DC. Jones viu nessa provocação mais uma brecha para atacar o rival.

“Ele falou da minha saúde porque eu fazia muitas festas e era um animal. Olhe para ele e olhe para mim. Ele tem um corte de peso horrível. Ele acabou de sair de uma cirurgia de joelho e não sei se está bem mesmo. Quero convencer a todos que estou saudável e não faço mais festas. Vamos ver se no sábado ele vai aguentar”, cutucou

A resposta de Cormier veio de forma bem mais comedida. Tentando evitar ao máximo entrar no jogo do rival, DC chegou a elogiar Bones dizendo que o adversário é uma “grande competidor”. O campeão linear dos meio-pesados garantiu que não será manipulado por Jon Jones.

“Obviamente eu penso nele diariamente como lutador, quando estou treinando. Mas se ele acha que está me manipulando com as piadinhas e os joguinhos, ele está muito enganado”, concluiu DC.

Na hora da encarada oficial, os dois atletas continuaram se provocando e tiveram que ser contidos pelo presidente do UFC, Dana White, para que nada de mais grave acontecesse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo