Esporte

Joanna surpreende e prega respeito por Claudia Gadelha: "Ainda é a nº 1"

Reprodução/Youtube
Joanna e Claudia irão se enfrentar nesta semana em Las Vegas Imagem: Reprodução/Youtube

Ag. Fight

06/07/2016 09h00

A rivalidade entre Joanna Jedrzejczyk e Claudia Gadelha já ocupa posição de destaque no MMA mundial. E com revanche marcada para esta sexta-feira (8), em Las Vegas (EUA), já era de se esperar que a troca de provocações e ofensas entra elas tomasse conta do noticiário. No entanto, em declaração mais serena do que o normal, a polonesa surpreendeu e pregou respeito pela desafiante ao título dos pesos-palhas (52 kg).

Enquanto era questionada sobre os episódios em que ambas mostraram o nível de desprezo que sentem uma pela outra, a campeã do UFC garantiu que respeita a brasileira e, em um misto de seriedade com ironia, apontou a rival como a número um. Embora garanta que a derrotará mais uma vez.

“Nossa primeira luta já aconteceu há algum tempo. Eu já lutei três vezes desde que ela aconteceu a Claudia só fez uma luta. Eu fiz três, então eu ganhei mais experiência e estou muito forte para enfrentá-la. Lógico que eu tenho muito respeito por ela. Ela ainda é a número um. Ela foi a número um por muito tempo, então eu respeito ela e todas as suas qualidades. Mas agora é a hora de provar mais uma vez para ela, para o time dela e para os treinadores dela que eu sou a única campeã da categoria”, garantiu a polonesa em conversa com os jornalistas após o treino aberto realizado no Hotel Cassino MGM na última terça.

Ao contrário do primeiro encontro, quando uma vitória por decisão dividida rendeu para a polonesa a chance de lutar pelo cinturão do UFC, Joanna garante que agora colocará sua estratégia em jogo e, por se tratar de uma disputa de cinco rounds, leva uma vantagem. Afinal, em sua última apresentação no octógono, a lutadora precisou de cinco rounds para vencer Valerie Letourneau, a desafiante da época.

“Você não pode ser tão dominante durante toda a luta. Se não você paga por isso. Você tem que estar preparada para todos os tipos de performances e oponentes. Eu fiquei feliz em ter uma luta dura de cinco rounds com a Valerie porque eu ganhei mais experiência para esse tipo de combate”, enfatizou, antes de voltar a elogiar a brasileira com quem medirá forças nesta semana.

“Eu não costumo assistir a outras lutas, mas foi uma luta muito difícil. Às vezes a gente se prepara durante muito tempo, de um jeito muito forte, mas tem que ser o dia. Eu acho que a Claudia lutou inteligentemente com a Jessica Aguilar. Não é algo sobre ser a mais forte, você tem que ser a mais inteligente”, narrou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo