Esporte

Diaz ameaça UFC e diz ter evoluído nos negócios: "Estavam brincando comigo"

Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Nate Diaz disse ter aprendido como negociar com o UFC Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

06/07/2016 10h57

Demorou cerca de dez anos para Nate Diaz entender o esquema de negócios que envolve o mundo do MMA. Mas agora ele jura ter compreendido e promete fazer a diferença dentro do UFC. Desde que parou o irlandês Conor McGregor, Diaz viu seu nome ficar ainda mais famoso e falado entre os fãs de MMA. Agora que está com a bola do jogo nas mãos, o americano decidiu elevar o tom do seu discurso – que nunca foi dos mais brandos.

Em entrevista ao site americano ‘Yahoo Sports’, Diaz explicou como ele entende que funciona o mercado do MMA. Além disso, também contou como isso o afeta e o que ele pretende fazer daqui para frente.

“As pessoas dizem: ‘Eu luto com qualquer um, eu amo lutar’. Você ama lutar? Por favor! As pessoas dizem isso e eu também já disse isso. Mas eu acordei. Demorou muitas lutas para que eu acordasse. Eu vou lutar com qualquer um de graça? Eu vou lutar com qualquer pessoa? É exatamente isso que o UFC quer. É isso que norteia as negociações deles. Mas eu acordei e vi que eles estavam brincando comigo”, afirmou.

Diaz argumentou que percebeu a movimentação financeira e os números importantes que as lutas geram tanto para as emissoras de TV quanto para o próprio UFC. Por causa disso, decidiu que não ia mais lutar por pouco dinheiro e nem com lutadores não tão conhecidos.

“Eu olhei para as minhas redes sociais, para meus seguidores e vi todos os números que a Fox ganhava enquanto eu estava passando. Foi aí que eu pensei: ‘Meu Deus, muitas pessoas estão vendo isso. Eu estou dando a eles números imensos e eu não estou ganhando contratos por isso’. Eles sempre me diziam: ‘Card da FOX, TV de graça’. E então eu comecei a pensar que não era de graça. Eles têm contratos de milhões de dólares e eu fico aqui fazendo três lutas por ano. Eles estavam tentando me colocar para baixo dizendo que eu não movia uma agulha”, contou.

Com a data da sua próxima luta marcada, Nate Diaz está decidido a mudar as coisas dentro do UFC. Para ele, a revanche contra McGregor, que acontece no UFC 202, em 20 de agosto deste ano, será um marco em seu contrato. O lutador até chegou a ameaçar a organização, dizendo que é melhor eles torcerem para que ele não saia vitorioso do combate.

“Eu espero que eu não ganhe essa luta, porque eu vou gerar muito problema para muita gente em termos de negócios. É melhor eles torcerem para eu não ganhar porque o jogo está prestes a mudar”, finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo