Topo

Esporte

Empresário garante que Jon Jones "não chegou nem perto" de doping

Ag. Fight

07/07/2016 08h13

Malki Kawa (ao centro) é o empresário de Jon Jones - Reprodução/Instagram

Malki Kawa (ao centro) é o empresário de Jon Jones – Reprodução/Instagram

O UFC convocou uma coletiva de imprensa para o fim da manhã desta quinta-feira (7) onde Jon Jones dará a sua versão sobre o caso de doping que forçou o Ultimate a retirá-lo do card do UFC 200, que acontecerá no próximo sábado. Mas antes do pronunciamento do atleta, Malki Kawa, seu empresário, já foi a público para defender seu lutador.

Através de um post em sua conta no Twitter, Kawa utilizou uma postagem de um de seus seguidores para sair em defesa do ex-campeão linear da divisão dos meio-pesados (93 kg). A resposta veio após o internauta Cam Underwood se surpreender com a notícia e marcar o empresário no seguinte post: “Uau, doping do Jon Jones?”, questionou.

A réplica do empresário veio de forma simples e direta: “não mesmo, brother. Nem mesmo perto”. Depois disso, Kawa tratou apenas de informar seus seguidores que Jon Jones faria uma coletiva nesta quinta para falar sobre o caso.

Jon Jones foi flagrado em um teste feito pela USADA (agência norte-americana antidopagem) no dia 16 de junho, período fora de competições. Seu julgamento, assim como sua defesa, ainda não foram realizados, mas a entidade optou por retirar Bones do card.

Com isso, o UFC colocou o duelo que marca o retorno de Brock Lesnar ao octógono como luta principal da noite. O gigante norte-americano encara o neozelandês Mark Hunt.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte