Esporte

Miesha Tate provoca e questiona 'coração' de Amanda Nunes nos combates

Ag. Fight

07/07/2016 09h00

Mie

Miesha Tate e Amanda Nunes disputam o cinturão dos pesos-galos do UFC – Diego Ribas

Miesha Tate e Amanda Nunes protagonizaram entrevistas e coletivas que ficaram marcada pela confiança de ambas e pelo respeito mútuo entre elas. No entanto, durante a coletiva de imprensa realizada na última quarta-feira (6) no Hotel Cassino MGM, a americana, atual campeã dos galos (61 kg) do UFC, fez questão de provocar a desafiante diante do público que acompanha cada resposta dos atletas.

De acordo com Miesha, ela é a favorita e merece ser a campeã justamente por apresentar características que, combinadas com a de Amanda, a garantem vantagem principalmente quando a disputa se torna mais longa. Não por acaso, a americana é conhecida por crescer nos combates enquanto que sua rival costuma cair de rendimento no decorrer dos confrontos.

“Eu quero ser a melhor do mundo e é claro que a Amanda foi a primeira que apareceu no meu caminho. Eu preciso vencer, estou focada nisso. Eu acho que vai sair vitoriosa quem for mais tenaz, mais resistente. Eu tenho mais coração do que ela. Ela tem a tendência de quebrar nas lutas e eu tenho a tendência de quebrar a estratégia das pessoas, então vai ser algo bom”, narrou sob os aplausos da plateia.

E para sua primeira defesa de título, Miesha garantiu que preparou algumas mudanças e ajustes em seu treinamento. E a maior das diferenças, acredite, foi a contratação de um hipnoterapeuta, em tratamento que, apesar de não ter sido relatado em detalhes pela lutadora, não é nada usual, ao menos por enquanto, para astros do MMA.

“A única coisa que eu posso falar que fiz diferente é que eu mudei a minha forma de perder peso, a minha alimentação em si. Agora eu tenho um hipnoterapeuta e eu não sei se isso é algo muito diferente. Eu estou muito bem preparada, fiz um camp duro. A luta é 90% mental e só 10% físico. Eu trabalhei as minhas forças mas talvez essa não seja a diferença. No geral, não acho que mudei muita coisa não”.

Por sua vez, a brasileira deixou claro que não concorda com a análise da rival e que fará de tudo para provar que a provocação não terá efeito. E, para isso, seu trabalho mental terá que ser colocado em prova.

“Tenho três vitórias seguidas. Eu fiz o meu trabalho e no sábado à noite vocês verão uma nova camepeã. Sim, eu vou lutar com a campeã. Ela é a melhor, mas eu vou lá como uma leoa e vou vencê-la”, narrou a brasileira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo