Esporte

Amanda Nunes atropela Miesha Tate e se torna primeira brasileira campeã do UFC

09/07/2016 23h08

Mesmo que por vias tortas, o espetáculo final do UFC 200 foi montado de tal forma que colocou um duelo feminino para finalizar o maior show da história do MMA. E diante da campeã Miesha Tate, que mora na cidade de Las Vegas (EUA) e contava com total apoio da torcida, estava a baianinha arretada Amanda Nunes, que enfim conquistava a oportunidade de lutar pelo cinturão dos pesos-galos (61 kg). E ela não decepcionou nem por um minuto sequer.

Concentrada e mais calma do que de costume, Amanda evitou as quedas da adversaria, dominou o centro do octógono e ditou o ritmo das ações ao andar para frente e alternar chutes baixos, cruzados de direita e jabs no corpo da adversária. Com tanto volume de jogo o resultado, para desespero dos apostadores, não demorou a ser concluído.

Após imprimir uma violenta sequência de golpes em pé, que derrubou Miesha por duas vezes, Amanda se deu ao luxo de, cautelosamente, aguardar o momento ideal para ir para as costas da adversária e encaixar um justo mata-leão que deu números finais à disputa ainda no assalto inicial.

“Toda a luta temos que trabalhar. Sempre tive que trabalhar algo mais e tentar fazer as coisas acontecerem na minha vida. Miesha é dura, respeito ela muito. Me sinto incrível, meu melhor resultado. Para você vó, mainha, quero voltar ao brasil e ver a minha família”, declarou emocionada.

E se o Brasil começou a semana com apenas um campeão, quando Rafael dos Anjos dominava o cinturão dos leves (70 kg), agora o País conta com dois. Além de Amanda, José Aldo é o atual dono do posto interino dos penas (66 kg).

Acompanhe os resultados do UFC 200:

Amanda Nunes finalizou Miesha Tate no 1º round;
Brock Lesnar venceu Mark Hunt por decisão unânime;
Daniel Cormier venceu Anderson Silva por decisão unânime;
José Aldo
venceu Frankie Edgar por decisão unânime;
Cain Velasquez nocauteou Travis Browne no 1º round;
Julianna Peña venceu Cat Zingano por decisão unânime;
Kelvin Gastelum venceu Johny Hendricks por decisão unânime;
T.J. Dillashaw venceu Raphael Assunção por decisão unânime;
Sage Northcutt venceu Enrique Marín por decisão unânime;
Joe Lauzon nocauteou Diego Sanchez no 1º round;
Gegard Mousasi nocauteou Thiago 'Marreta' no 1º round;
Jim Miller nocauteou Takanori Gomi no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo