Esporte

Brock Lesnar faz história e vence em retorno ao UFC

09/07/2016 22h40

A luta entre os pesos-pesados Brock Lesnar e Mark Hunt não valia cinturão, mas garantiu atenções redobradas da plateia que lotou o ginásio T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA). Ao retornar para o MMA após quase cinco anos de aposentadoria, o gigante da WWE fez do UFC 200 um show à parte, e cumpriu com o prometido ao anotar novo triunfo, assim como tinha feito diante de Frank Mir na edição de número 100 do torneio.

Apesar de começar com visível receio do poder de nocaute de Hunt, o que o levou a arrancar risos da plateia toda vez em que se apressava em fugir ao mínimo movimento de ameaça por parte do rival, Brock encontrou duas quedas que o levaram, mesmo que momentaneamente, a parecer o campeão de outrora. Por cima, o veterano de 39 anos bateu com seu tradicional poder de fogo do ground and pound e chegou a montar em um indefeso neozelandês, que apenas esperava o final do assalto.

Cansado, o americano se limitou a girar em torno do octógono e praticamente fugir do oponente, que por duas vezes quase conectou seu temido cruzado de direta, famoso por apagar adversários ainda em pé. Desta forma, debaixo de vaias dos presentes, Hunt garantiu vantagem nas papeletas dos árbitros e equilibrou a disputa.

Com o empate desenhado, o gigante do telecatch voltou para o último round ciente de que precisava mostrar mais, e por isso tratou de derrubar, passar a guarda e montar. No entanto, apesar da vantagem de posicionamento, o ex-campeão dos pesos-pesados sentiu a falta de ritmo e não soube tirar proveito de forma contundente. Nada porém, que abalasse a vantagem conquistada que culminou com mais um importante triunfo para sua carreira.

“Demorou um pouco para isso acontecer. Obrigado a todos, de verdade. Um dia de cada vez, estou feliz de estar aqui”, afirmou enquanto era aplaudido por todos os presentes.

Acompanhe os resultados do UFC 200:

Brock Lesnar venceu Mark Hunt por decisão unânime;
Daniel Cormier venceu Anderson Silva por decisão unânime;
José Aldo
venceu Frankie Edgar por decisão unânime;
Cain Velasquez nocauteou Travis Browne no 1º round;
Julianna Peña venceu Cat Zingano por decisão unânime;
Kelvin Gastelum venceu Johny Hendricks por decisão unânime;
T.J. Dillashaw venceu Raphael Assunção por decisão unânime;
Sage Northcutt venceu Enrique Marín por decisão unânime;
Joe Lauzon nocauteou Diego Sanchez no 1º round;
Gegard Mousasi nocauteou Thiago 'Marreta' no 1º round;
Jim Miller nocauteou Takanori Gomi no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo