Esporte

Agente promete pagar por novos exames para provar inocência de Jon Jones

Ag. Fight

12/07/2016 05h00

Jon Jones negou ter usado qualquer substância ilegal - Diego Ribas

Jon Jones negou ter usado qualquer substância ilegal – Diego Ribas

Malki Kawa, empresário de Jon Jones, segue em sua luta para tentar limpar a imagem de seu lutador. Depois de organizar uma coletiva de imprensa às pressas em Las Vegas (EUA) quando soube do flagra no exame antidoping do meio-pesado, o manager agora promete fazer novos exames.

Depois que a contra-prova deu positivo para as mesmas duas substâncias ilegais e que seguem em sigilo, Kawa garantiu que já selecionou os suplementos e produtos que seu atleta utilizou e que fará testes para provar que eles é que teriam gerado a falha nos exames geridos pela USADA.

“O que eu quero fazer as pessoas entenderem é que um cara que vai para a academia treina, toma suplementos, volta para casa, se alimenta e toma seus suplementos. Ele não é um trapaceador.  Para eu falar que ele tomou tal suplemento, eu precisava pegar os potes nas minhas mãos para que eu pudesse mandar eles para um teste. Então, antes de dizer isso, eu peguei os suplementos, olhei as substâncias e falei: "Pronto, aqui estão elas, é isso que a gente acha que causou o resultado positivo”. Vamos testá-las e confirmar a informação", prometeu em conversa com o programa ‘MMA Hour’.

No entanto, a situação não parece tão fácil de ser explicada. Afinal, além do teste inicial e da contra prova terem apontado irregularidades, foram duas as substâncias encontradas no corpo de Jon Jones. Mas, em discurso otimista, Kawa afirmou que já tem uma argumentação pronta e que espera apenas os exames ficarem prontos.

“Eu tenho certeza que essas duas substâncias vieram dos suplementos de Jones. As medicações que ele tomou foram todas prescritas por um médico e foram informadas. Então isso é uma situação diferente. Eu não vou dizer aqui o que foi porque eu preciso primeiro que tudo isso seja testado para garantir o que eu estou dizendo”, afirmou, deixando no ar que uma explicação já é levantada por sua equipe”, narrou, antes de tranquilizar os fãs do lutador.

“Ele não vai perder contratos ou patrocínios porque é uma situação completamente diferente da última em que ele se envolveu. O que acontece é que não é se envolver numa encrenca como as outras. Você trabalhou tanto, deu duro por isso, você mudou sua vida e está vivendo de um jeito melhor para provar para as pessoas que você realmente mudou e aí: "Boom". Acontece isso. Você fica meio: "O que eu faço agora?". Mas não é um caso para perder os patrocinadores. Ele é patrocinado por várias marcas e já falou com todas elas. Eles entenderam a situação e decidiram esperar tudo ser resolvido e esclarecido”.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo