Esporte

Brasileiro dá show de jiu-jitsu e finaliza no card preliminar do UFC Fight Night

Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

13/07/2016 18h25

Depois de uma semana que contou com três eventos em Las Vegas (EUA), o UFC promoveu nova edição de seu show nesta quarta-feira (13), no estado de Dakota do Sul. E apesar de poucos nomes de renome como nos últimos shows, o Fight Night 91 entregou belos combates para o público local. e destaque para um brasileiro peso-galo (61 kg).

Diante da vaia da plateia americana, Rani Yahya voltou a dar show no octógono do UFC e venceu a terceira seguida na organização. Sem se intimidar com a pressão física e da invencibilidade do rival Matthew Lopez, o brasileiro arriscou trocar em pé no início e, assim que sentiu confiança, clinchou e deu inicio à uma troca incessante de posições no chão.

Entre quedas, passagens, raspagens e tentativas de finalização de todos os lados, o brasileiro se saiu melhor tanto na somatória das posições, já que permaneceu mais tempo por cima e terminou o segundo round com uma chave de braço encaixada, tanto no volume de jogo, uma vez que jiu-jitsu é a sua praia.

E conforme os rounds avançaram, a diferença técnica a favor do brasileiro ficou evidente e já cansado, o americano não conseguiu conter o avanço de Rani no último minuto. Por cima, o veterano passou aguarda, foi para a lateral e encaixou um justo estrangulamento que deu cabo do confronto.

“Eu sabia que ele era um cara duro, difícil, que vinha invicto. Quero lutar em Brasília em setembro. O UFC está indo para lá e é a cidade que eu nasci”, bradou no microfono, sob aplausos da torcida.

Show das mulheres

Se poucos anos atrás as mulheres sequer eram cogitadas para fazerem parte do UFC, atualmente elas são parte fundamental de todo card e por vezes protagonizam os melhores duelos do evento. No card preliminar desta quarta, Cortney Casey finalmente provou que merece estar no octógono mais famoso do mundo ao nocautear Cristina Stanciu no primeiro round.

Sem tomar conhecimento da rival, Casey clinchou, derrubou e montou duas vezes, em sequência que cansou a adversária a ponto de torná-la um alvo fixo na metade do round. Melhor para a vitoriosa, que bateu até o arbitro interromper o combate.

Acompanhe os resultados do UFC Fight Night 91:

Sam Alvey finalizou Eric Spicely no 1º round;
Cortney Casey nocauteou Cristina Stanciu
Scott Holtzman venceu Cody Pfister por decisão unânime;
Rani Yahya finalizou Matthew Lopez no 2º round;
Alex Nicholson nocauteou Devin Clark no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo