Esporte

Dana White garante que Ronda fura a fila por cinturão do UFC quando quiser

13/07/2016 12h49

Bom, pelo menos até ser derrotada por Holly Holm em novembro de 2015, a judoca era apontada por Dana White como a maior estrela da companhia. Por isso, nada mais natural do que pensar da judoca como substituta. No entanto, a própria Ronda garantiu que só retorna ao octógono no segundo semestre. Os motivos? Contratos para contracenar em filmes de Hollywood e tempo pedido para reestruturar sua carreira. ao mesmo tempo, Já para o UFC 200, está escalada a disputa de título feminino dos galso (61 kg) entre Miesha Tate e Amanda Nunes. Ou seja, caso ainda convençam Ronda, os promotores teriam que: 1- colocar a judoca como main event e deixar a disputa de cinturão da mesma categoria em segundo plano, 2- deixar Amanda Nunes de lado e escalar a trilogia Ronda x Tate... - Erik Engelhart

Caso resolva voltar aos octógonos, Ronda vai direto para a disputa do cinturão – Erik Engelhart

Ninguém parece acreditar que Ronda Rousey vai voltar a lutar ainda nesse ano, mas se ela quiser, a ex-campeã já tem lugar garantido. A americana não entra no octógono desde que foi nocauteada e perdeu seu cinturão para Holly Holm, no UFC 193, em novembro de 2015. Desde então, ninguém sabe quando a americana pretende voltar a competir, mas Dana White já está guardando uma luta especial para ela.

No programa americano ‘FS1’ que aconteceu logo após o UFC 200, no último sábado (9), Dana revelou que assim que Ronda demonstrar vontade de voltar, ela tem a luta contra a brasileira e atual campeã dos galos (61 kg), Amanda Nunes, garantida.

“Essa decisão é dela. Eu queria muito ver ela lutar esse ano ainda, mas isso pode acontecer só no ano que vem. Com qualquer que seja a campeã no momento, Ronda vai ter a chance de lutar”, revelou.

Se Ronda optar por não lutar esse ano, o chefão do UFC garantiu que Holly Holm terá a chance de enfrentar a brasileira pelo título. Holm perdeu o cinturão para Miesha Tate em março, quando sofreu um mata-leão aplicado pela ‘Cupcake’.

“Se a Ronda voltar, ela ganha a chance de lutar pelo título. Mas vamos ver o que acontece com a Holly Holm na sua próxima luta. Ela vai lutar na FOX, vai ser uma boa coisa também”, argumentou.

Amanda Nunes atropelou e venceu Miesha Tate no último sábado (9), se tornando a primeira brasileira campeã do UFC e a terceira campeã da categoria desde que Ronda perdeu o reinado. Nenhuma das lutadoras que conquistaram o cinturão conseguiram defender seu posto até hoje. Nunes vai tentar ser a primeira a conseguir esse feitio, não importa contra quem seja.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo