Esporte

Revoltado com UFC, 'Jacaré' escancara frustração por não lutar pelo título: "Absurdo"

15/07/2016 12h05

Ronaldo 'Jacaré' nocauteou Vitor Belfort na sua última apresentação - Diego Ribas

Ronaldo ‘Jacaré’ nocauteou Vitor Belfort na sua última apresentação – Diego Ribas

O provável duelo entre Michael Bisping e Dan Henderson pelo título dos médios (84 kg) ainda não foi digerido por Ronaldo ‘Jacaré’. Após derrotar Vitor Belfort no UFC 198 e subir para o terceiro lugar no ranking da divisão, o brasileiro esperava ser escalado para desafiar o campeão e não gostou nem um pouco de ver o experiente americano, que é o 13º colocado na classificação, furar a fila. Indignado, o capixaba radicado no Manaus criticou o inglês e o desafiante e garantiu que ainda tem esperanças de que o combate não saia do papel.

Em conversa com o site ‘GloboEsporte.com’ durante a a divulgação de uma competição de jiu-jitsu em Manaus, Jacaré contou que deposita no público a maior esperança para que a luta não seja realizada. De acordo com o brasileiro, que deixou claro que está ‘brigando pelos seus direitos’, os fãs não aprovaram o duelo e, enquanto o contrato ainda não for assinado, nada está definido.

“É um absurdo. É algo que só foi falado, mas não foi assinado o contrato ainda. O público não está gostando. Eu acredito que a mídia vai fazer com que essa luta não aconteça. Enquanto não assinarem o contrato, eu sou o próximo e não aceito isso. Ele é o décimo terceiro no ranking. Tem 12 lutadores na frente dele. Não pode, em hipótese alguma, isso acontecer. A gente tem que brigar pelo o que é nosso”, criticou.

Com apenas uma derrota no UFC para Yoel Romero, Jacaré reconhece que o cubano deveria ser o primeiro desafiante ao título caso não tivesse sido flagrado no exame antidoping. E com Chris Weidman lesionado, o brasileiro deixou claro que não enxerga outro lutador mais apto do que ele para disputar o cinturão da categoria.

“Eu estou lutando pelos meus direitos. Sou tão real que acho que quem merecia lutar pelo cinturão era o Romero, mas ele caiu por doping e está fora. E aí teria que ser eu, por uma simples questão de merecimento, pois o Chris Weidman está machucado. Então só estou lutando pelos meus direitos. Eu só estou agindo assim porque pisaram no meu calo. E, infeliz ou felizmente, eles pisaram no calo da pessoa errada. Pisaram no calo errado”, declarou.

Ex-campeão do Strikeforce, Ronaldo Jacaré está no UFC desde 2013. Aos 36 anos de idade, o capixaba coleciona na carreira um cartel com 23 vitórias, quatro derrotas e um empate.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo