Esporte

'Cyborg' questiona invencibilidade de rival: "Não enfrentou situação complicada"

16/07/2016 14h40

'Cyborg' vai enfrentar Saad Awad no Bellator 154 - Divulgação Strikeforce

‘Cyborg’ vai enfrentar Saad Awad no Bellator 154 – Divulgação Strikeforce

Após ser nocauteado por Saad Awad em maio passado, Evangelista Santos, o ‘Cyborg’, tentará reencontrar a vitória neste sábado (16), quando enfrentará Michael ‘Venom’ Page no Bellator 158 – evento que será realizado em Londres (Inglaterra). E diante de um atleta que, apesar de estar invicto na carreira, tem cerca de 15 anos a menos de experiência no esporte que o brasileiro, o lutador da ‘Chute Boxe’ não se sente intimidado.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Cyborg elogiou o adversário mas ponderou que o britânico, lutador profissional desde 2012, ainda não foi testado, de fato, no cage. Diferente do brasileiro que, pelas suas contas, fará a sua luta de número 50 na carreira – o seu cartel oficial contabiliza 38 combates no currículo.

“É uma boa luta. Ele vem de boas vitórias, tem um cartel com 10 vitórias e nenhuma derrota, mas ele ainda não enfrentou uma situação complicada no cage. Eu já passei por todas as situações que um lutador poderia enfrentar e essa é minha luta de número 50 na carreira. Eu lutei contra os melhores ao redor do mundo e é assim que você prova ser uma lutador de verdade. Espero que seja uma grande luta. Ele é habilidoso mas ainda não foi derrotado. Não sabemos como ele reage quando está apanhando”, declarou.

Ao ser questionado sobre sua forma física, Cyborg garantiu que está pronto para o duelo e contou que voltou aos treinos logo depois de ser derrotado em maio. De acordo com o brasileiro que está com 38 anos, o tempo gasto na academia e nos camps são mais do que essenciais para um atleta da sua idade.

“Um soldado tem que estar sempre pronto para a guerra. Dois dias depois da minha última luta eu já estava de volta na academia treinando. Não tenho tempo a perder. Eu sempre gostei de treinar, especialmente agora que estou com 38 anos de idade. Não posso simplesmente parar de treinar. Eu sou como um carro velho: se você parar de usar, não funciona mais. Preciso me manter ativo”, afirmou.

Lutador profissional desde antes de 1997 quando as lutas de MMA começaram a ser registradas, o veterano já competiu em diversos eventos como Strikeforce, Pride, Cage Rage, Pancrase, Jungle Fight e, mais recentemente, o Bellator. Natural do Mato Grosso, Evangelista é ex-marido da campeã peso-pena (66 kg) do Invicta FC, Cris ‘Cyborg’.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo