Esporte

Hendo garante aposentadoria "ganhando ou perdendo" para Bisping

Jayne Kamin-Oncea/Getty Images
Dan Henderson garante que irá se aposentar "ganhando ou perdendo" de Bisping Imagem: Jayne Kamin-Oncea/Getty Images

Ag. Fight

25/07/2016 12h15

Depois que Michael Bisping se tornou campeão dos médios (84 kg) do UFC ao bater Luke Rockhold, o mundo do MMA ficou frenético para descobrir quem seria o próximo desafiante ao cinturão da categoria. Na semana da edição 200, evento realizado em Las Vegas (EUA), o presidente Dana White revelou que o escolhido para desafiar o inglês seria o veterano Dan Henderson.

Em entrevista ao podcast americano ‘Talking Brawls’, Henderson confirmou o que muita gente vinha tentando prever: sua aposentadoria. O lutador deixou claro que a luta com Bisping será a última de sua carreira, independentemente se ele vencer ou perder o combate.

“Esse é o meu plano, ganhando ou perdendo, eu estou mentalmente preparado para me aposentar. Meu corpo pode aguentar mais dois ou três anos, mas eu já coloquei isso à prova o suficiente. Eu estou pronto para tornar tudo mais fácil, mas eu vou continuar envolvido com o MMA de alguma forma. Vou fazer algo diferente de lutar mas dentro do mesmo ramo”, contou o lutador.

Prestes a completar 46 anos de idade, Dan Henderson é nome garantido no MMA desde 1997 e é um dos lutadores mais comprometidos com o esporte de todos os tempos. Antes de entrar no UFC, ‘Hendo’ já havia representou os Estados Unidos em duas Olimpíadas, em 1992 e 1996, pela luta greco-romana.

Dentro do MMA sua trajetória foi brilhante. Henderson foi campeão no extinto evento Pride. Ele também foi o último campeão meio-pesado (93 kg) do Strikeforce, evento incorporado pelo UFC. Já dentro do maior evento de MMA do mundo, Hendo venceu o torneio de pesos-médios na edição de número 17. O americano passou quase 25 anos da sua vida se dedicando inteira e intensamente ao esporte e agora ele acha que é hora de ter mais tempo para sua família.

“Eu venho lutando há muito tempo, desde antes dos meus filhos nascerem, então eles vêm sacrificando coisas e vai ser legal estar disponível para planejar as férias e poder passar mais tempo com eles. Eu não vou precisar conservar minha energia para estar inteiro no dia seguinte para treinar”, revelou.

Apesar de confirmada por Dana White, a luta ainda não recebeu o anúncio oficial. Isso deve acontecer nessa semana e o combate deve ser marcado para acontecer no UFC 204, que já está escalado para outubro ou novembro em Manchester, na Inglaterra. Se tudo realmente sair como planejado, essa será a oitava luta de Bisping no seu país natal, lugar onde ele nunca perdeu um combate. O inglês prometeu que faria sua primeira defesa de título em casa e que de quebra aposentaria uma lenda do esporte com uma das melhores e mais devastadoras performances já vistas. Em contrapartida ao ‘trash-talk’ do campeão, Henderson prefere deixar as coisas acontecerem.

“Isso é o que ele está falando. Eu só digo para ele tomar cuidado com o que fala e com o que pede, porque você pode acabar conseguindo. Eu não preciso dizer nada a ele. Ele vai sentir tudo mais tarde”, finalizou o veterano.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo