Esporte

Ex-campeão, Shane Carwin afirma conversa com Joe Silva para possível retorno ao UFC

28/07/2016 07h00

Shane Carwin pretende voltar aos octógonos -Evelyn Rodrigues

Shane Carwin pretende voltar aos octógonos -Evelyn Rodrigues

Depois do retorno de Brock Lesnar ao UFC, um outro lutador pode seguir os mesmos passos. Shane Carwin, ex-campeão interino peso-pesado da organização publicou em seu Twitter uma mensagem dando a entender que seu empresário estaria negociando com Joe Silva, matchmaker do evento.

A publicação foi feita na noite da última terça-feira (26) através da conta pessoal do lutador e dizia: “Quando seu empresário está trocando emails com o Joe Silva. Eu estou pronto para a luta @UFC”. A mensagem mais de 700 curtidas em pouco mais de um dia e meio.

Em uma outra postagem, só que dessa vez ao site americano ‘mixemartialartes.com’, Carwin descreve que tomou a decisão de informar o UFC que planeja voltar aos octógonos. O lutador tem 41 anos de idade e anunciou a sua aposentadoria do esporte em maio de 2013.

“Eu pedi para meu empresário notificar o UFC de que eu estou considerando voltar e estou procurando saber como as coisas vão ser”, escreveu.

Carwin possui um cartel bem positivo. Das 14 lutas que já fez de MMA, o lutador perdeu somente duas. Essas duas derrotas foram para Brock Lesnar e Junior ‘Cigano’. Elas marcaram os seus últimos combates dentro do UFC e deram início ao período de afastamento do atleta dos octógonos.

Depois disso, Carwin viu seu nome envolvido em problemas com o Ministério Público. O lutador foi acusado de participar de uma rede de distribuição de esteroides. De acordo com a investigação, Carwin constava em uma lista de beneficiários junto com mais outros 22 nomes de lutadores e fisiculturistas. Nem o atleta e nem seu empresário quiseram falar sobre o assunto.

Outro problema enfrentado por Shane durante o final da sua carreira foi o grande número de lesões sofridas. O peso-pesado já teve problemas nos joelhos e chegou a se submeter a uma cirurgia na coluna para reparar um dano grave causado após sua luta com Brock Lesnar. Essa lesão também foi responsável por tirá-lo da luta contra Roy Nelson pela final do reality show ‘The Ultimate Fighter 13’.

Se Carwin realmente decidir voltar para os octógonos, ele vai precisar se adaptar às novas regras das quais o UFC faz uso atualmente. Uma delas é a que diz que qualquer lutador que voltar de um longo afastamento ou aposentadoria precisa se submeter a um período de quatro meses de quarentena sob os cuidados da USADA. Ela foi criada para evitar que os atletas afastados lutassem sob efeitos de substâncias proibidas possivelmente consumidas durante o tempo longe dos octógonos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo