Esporte

Wilson Reis atropela no UFC 201 e finaliza em menos de dois minutos

Ag. Fight

30/07/2016 21h13

Ofuscado pela ressaca após o grande investimento da organização no card do UFC 200 e pela proximidade com as Olímpiadas, o show de número 201 da franquia, realizado neste sábado (30), contou com apenas um brasileiro em ação. E logo no terceiro combate, ainda na parte preliminar da noite, Wilson Reis deu novo show e provou que merece uma chance pela título dos moscas (57 kg).

Escalado para disputar o título da categoria contra Demetrious Johnson, em disputa que seria o co-main event do show, o faixa-preta de jiu-jitsu viu o rival se machucar, mesmo destino que levou o primeiro substituto. Desta forma, o estreante Hector Sandoval  abraçou a chance de ouro de lutar na maior organização de MMA do mundo, mesmo sabendo que suas chances seriam pequenas.
 
Mais experiente e com um camp completo para o duelo, Wilson não deu chance ao azar e atleta da Alpha Male e finalizou logo no primeiro assalto. Depois de aceitar a trocação e se arriscar diante do mexicano especialista em boxe, o paulista botou para baixo duas vezes, pegou as costas e finalizou com um justo mata-leão.
 
"Eu fiz o meu trabalho e venci. É difícil trocar da luta mais importante da sua vida para uma luta normal. Eu quero lutar com o Demetrious, mas ele disse que quer pegar o campeão do TUF. Vamos ver, eu quero essa luta", narrou ainda dentro do octógono.
 
Vida complicada
 
O inglês Ross Pearson perdeu para Will Brooks no UFC 200, evento realizado no último dia 9 de julho, e decidiu se empenhar para apagar o resultado negativo aceitando uma luta em cima da hora na divisão de cima, como meio-médio (77 kg). Mas diante de Jorge Masvidal, o resultado foi o mesmo, novo revés por pontos.
 
Após três rounds de pura trocação, o vencedor levou a melhor na precisão dos golpes (que lhe garantiu um knock down no segundo assalto) e contundência, mas saiu com a perna machucada após receber uma saraivada de chutes baixos. Resistente, Pearson sobreviveu aos ataques de seu oponente e andou para frente a todo momento. Nada, porém, que impedisse a sua terceira derrota nas quatro últimas apresentações.
 
Anotaram a placa?
 
A luta entre os pesos-pesados Anthony Hamilton e Damian Grabowski foi do jeito que o público gosta. Sem se estudarem, os gigante foram com tudo para a troca france de golpes, o que favoreceu o americano que em apenas 14 segundos conectou uma série de socos que deram cabo do adversário. Sem ver a cor da bola, o experiente polonês beijou a lona e quando acordou vou seu oponente já cansado de tanto comemorar o triunfo.
 
Luta fácil
 
A primeira luta da noite colocou frente a frente os inexperientes e agressivos César Arzamendia e Damien Brown. E como ambos vinham de derrota na organização, a receita para uma boa luta estava completa. Melhor para o americano, que conectou melhores golpes e provou que seu poder de punch era muito para o queixo do rival absorver.
 
Depois de começar a luta com uma joelhada voadora, o paraguaio Arzamendia foi cercado pelo melhor jogo de pernas do rival que rapidamente conectou um knockdown, o primeiro dos três que deixaram o aluno de André 'Dida' desacordado no tablado, tudo isso ainda no assalto inicial.
 
Acompanhe os resultados do UFC 201

Nikita Krylov nocauteou Ed Herman no 2º round;
Jorge Masvidal venceu Ross Pearson por decisão unânime;
Anthony Hamilton nocauteou Damian Grabowski no 1º round;
Wilson Reis finalizou Hector Sandoval no 1º round;
Michael Graves e Bojan Veli?kovi? empataram (decisão majoritária);
Damien Brown nocauteou César Arzamendia no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo