Topo

Esporte

Milionário! Mesmo derrotado, ex-campeão leva maior salário do UFC 201

Ag. Fight

01/08/2016 21h20

Campeão dos meio-médios (77 kg), Robbie Lawler é o dono do cinturão mais visceral da atualidade. Sempre disposto a dar um show e transformar suas lutas em uma verdadeira guerra, o veterano retorna ao cage diante de um parceiro de treino no evendo do dia 30 de julho. Vale a pena ficar de olho! - Diego Ribas

Lawler perdeu o cinturão do UFC, mas voltou para casa com uma fortuna – Diego Ribas

Robbie Lawler não viu a cor da bola no UFC 201, evento realizado no último sábado (30), em Atlanta (EUA). Superado por Tyron Woodley ainda no assalto inicial, o agora ex-campeão dos meio-médios (77 kg), no entanto, deixou o octógono com a maior bolada da noite após os poucos mais de dois minutos de combate.

De acordo com a lista de salários divulgada pela Comissão Atlética e de Entretenimento de Georgia, que foi responsável por fiscalizar o show, Lawler levou para casa 500 mil dólares (cerca de R$ 1.640 milhão), o maior cheque dentre os que se apresentaram no evento, inclusive o vitorioso Woodley.

Único brasileiro na noitada de combates no octógono, Wilson Reis recebeu nada menos do que 50 mil dólares (cerca de R$ 164 mil) por vencer o estreante Hector Sandoval também no primeiro assalto. Sua luta, no entanto, seria originalmente contra Demetrious Johnson, campeão dos pesos-moscas (57 kg) que se machucou semanas antes do evento.

Confira a lista doa maiores salários do UFC 201:

Robbie Lawler: 500 mil dólares
Tyron Woodley: 340 mil dólares
Jake Ellenberger: 150 mil dólares
Jorge Masvidal: 114 mil dólares
Matt Brown: 73 mil dólares
Ross Pearson: 54 mil dólares
Ed Herman: 51 mil dólares
Wilson Reis: 50 mil dólares

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte