Esporte

Amanda Nunes revela segredo de campeã: namorada psicóloga e banda Revelação

Ag. Fight

02/08/2016 06h00

Amanda Nunes é a atual campeã do UFC - Felipe Castelo Branco

Amanda Nunes é a atual campeã do UFC – Felipe Castelo Branco

Antes mesmo de entrar no UFC, Amanda Nunes já assombrava suas adversárias com potentes golpes e um estilo agressivo. Ao mesmo tempo, a força acima da média para a divisão dos pesos-galos (61 kg) e a ansiedade habitual lhe custavam toda a energia ainda na metade do tempo estimado para os combates. E como resultado, ou a brasileira vencia rapidamente ou sucumbia e acabava superada no decorrer dos rounds. Cenário nada confortável que ficou no passado graças a alguns truques que a própria campeã revelou.

De passagem pelo Brasil para promover a conquista do título no início do mês de julho e para visitar sua família, Amanda recebeu jornalistas na cidade do Rio de Janeiro na última segunda-feira (1º) e tratou de forma franca todos os assuntos abordados. Acostumada a detalhar as dificuldades de sua infância, a ‘Leoa’ aproveitou para traçar alguns detalhes importantes para sua conquista. Afinal, para conter o ímpeto que lhe custava o desempenho no final dos confrontos ela encontrou em sua namorada uma psicóloga de luxo e em uma banda brasileira a fonte de tranquilidade necessária.

“A Nina está comigo 24 horas. Ela sabe tudo sobre mim, atá as coisinhas tipo, quando eu escuto uma música qual a minha reação. Qual a emoção que eu tenho. Tudo isso ajuda a ela para trabalhar comigo nas minhas emoções.Se tem uma pessoa que pode me ajudar, é a Nina, porque ela realmente me conhece. A gente senta com os treinadores e ele escuta a gente.  Ela ajuda ajuda que ele enxergue. Quando cheguei lá na ATT, o Conan foi um dos que enxergou isso rápido. Sou explosiva, mas se você não me controlar eu vou atá acabar. Por isso tivemos que fazer um trabalho intenso em cima disso”, narrou acompanhada da parceira e também lutadora do UFC.

A mudança de academia – Amanda e Nina deixaram a MMA Masters rumo a America Top Team – e o início dessa espécie de tratamento psicológico com Amanda coincidiram com a derrota da brasileira para Cat Zingano, ainda em 2014. Desde então, o estilo agressivo e desenfreado foi, pouco a pouco, sendo controlado para que uma atleta mais estratégica entrasse em cena, mesmo que ainda não da forma ideal.

E justamente por saber de seu próprio temperamento, a Leoa sabia que precisaria de mais do que isso para lidar com a pressão de disputar o cinturão na casa da adversária ao encabeçar o show de número 200 do UFC. Em um ritual que ela mesma adotou, uma música a ajudou a mentalizar a vitória no histórico evento.

“A música faz parte. Eu sempre escolhi músicas que me colocassem naquele clima tranquilo. Até a música que eu escolhi na luta com a Miesha foi a música da Revelação, ‘Tá Escrito’. Sempre estava escutando no meu camp, não só no dia da luta. Em casa eu chegava e botava o fone e ficava estucando e trabalhado a respiração. Até isso eu tive que aprender. Até isso eu não sabia ”, brincou a campeã.

O tema da vitória foi escolhido a dedo pela lutadora. Com frases de incentivo que parecem ter sido feitas para o momento que Amanda encarava na carreira, ‘Tá Escrito’ pede a calma que a atleta tanto sonhava. Afinal, ‘Ninguém vai poder atrasar quem nasceu para vencer’. Nada poderia descrever melhor a conquista da baiana de 28 anos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo