Esporte

Ex-campeão do UFC se revolta com críticas às novas regras do MMA

03/08/2016 17h20

Na última terça-feira (2), a 'Association of Boxing Commissions' (entidade que atua como reguladora dos esportes de combate tanto nos EUA como no Canadá) aprovou um pacote de mudanças nas regras unificadas do MMA que poderão ser implementadas a partir de 1º de janeiro de 2017. No entanto, a Comissão de Nova Jersey questionou duas das propostas, ameaçando não acatar todas as alterações. E a postura do estado, mais precisamente de uma comissionária responsável pela apresentação das reclamações, não foi vista com bons olhos por Randy Couture, lenda do esporte e membro do comitê da associação.

Após ouvir a apresentação da membro do conselho de New Jersey (EUA), Rhonda Uttley-Herring, que, ao criticar parte das mudanças propostas, sugeriu que alguns lutadores não querem ser regulados, Couture disparou contra a comissionária durante a conferência na última terça-feira (2).

“Obviamente, eu lutei em New Jersey, eu lutei no seu maravilhoso estado. Como um atleta que está envolvido nesse esporte por mais de 15 anos, eu fico um pouco ofendido que você assuma que todos nós, atletas e lutadores, não queremos ser regulados, que não fizemos tudo que podíamos. Na verdade, vá para cada um dos 50 estados e você vai ver como tudo melhorou e como estamos tentando regular. Você coloca todos nós no mesmo saco e eu estou gastando meu tempo e minha energia nos últimos 17 anos. Francamente, achei a apresentação um pouco condescendente. Minha opinião”, disparou.

Uma das críticas de Uttley-Herring foi com relação à mudança na regra dos três apoios – a partir de 2017, o atleta terá que estar com os dois pés e as duas mãos no chão para que chutes e joelhadas na cabeça sejam proibidas. Ela sugeriu que a novidade poderia aumentar o risco de lesões cerebrais nos lutadores. Mais uma vez, Couture respondeu diretamente à comissionária, explicando que a intenção da mudança é justamente diminuir os possíveis golpes na cabeça.

“A sua apresentação estava mal informada. Se você estivesse prestando atenção na demonstração, entenderia que nós não estamos criando posições ou situações onde os lutadores levem mais golpes na cabeça do que já levam. Na verdade, estamos tentando clarificar essas regras para que eles não sejam golpeados na cabeça e não façam um jogo sujo. Como lutador, eu sei como eles operam. Eles estão jogando com o regulamento e estão sofrendo mais com os golpes com a interpretação do jeito que as regras são atualmente”, declarou.

Outras importantes mudanças nas regras foram com relação ao método de pontuação nas lutas e a remoção de duas faltas. Os chutes com o calcanhar nos rins e chaves na clavícula, que eram ilegais, estarão liberados.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo