Esporte

Nate Diaz promete dominar McGregor e provoca UFC: "Torçam pela derrota"

AP Photo/Eric Jamison
Nate Diaz promete dominar McGregor novamente Imagem: AP Photo/Eric Jamison

Ag. Fight

04/08/2016 08h00

A revanche entre Nate Diaz e Conor McGregor promete balançar o mundo do MMA. Além de deixar os fãs ansiosos, o combate está mexendo com as emoções dos próprios lutadores. Enquanto o irlandês anda gravando sua rotina para seu próprio site com a intenção de mostrar o quão bem está preparado, o americano prefere fazer do modo tradicional e ameaça o adversário por meio de polêmicas e entrevistas.

Em recente conversa com o ‘UFC Fight Pass’, Diaz se mostrou confiante em seu trabalho e certo dos resultados que virão. Para ele, não existe outra possibilidade a não ser uma nova vitória. Vencedor do primeiro combate em março, o americano sabe que a derrota é um resultado que McGregor não quer experimentar novamente e, de acordo com ele, nem o Ultimate. Diaz aproveitou para garantir que, se o evento realmente quer que ele fique fora da jogada, é melhor que eles torçam para sua derrota.

“Eu vou me preparar. Isso é tudo. Nós vamos ver. A mesma coisa que eu sempre digo, nós vamos lá e meu objetivo é vencer. Eu vou fazer de tudo para conseguir isso. Eu acredito que eu sou um lutador superior. Eu só tenho que ir lá e fazer esse trabalho e não deixar que nada que eu não espere aconteça. Meu plano é vencer e fazer tudo de maneira boa, trabalhar duro e ganhar essa luta. Esse é o meu plano e nós vamos ver o que vai acontecer. Eu cheguei a pensar que eles estavam fazendo isso para me ver perder e me ver fora da jogada novamente. Então, é melhor que eles torçam pela minha derrota, porque se eu ganhar, eu vou assumir isso aqui novamente!”, garantiu.

Os dois se enfrentaram pela primeira vez no UFC 196, em março desse ano, mas o plano inicial do irlandês não era ter Diaz do outro lado do octógono. McGregor estava escalado para enfrentar o brasileiro e campeão dos leves (70 kg) na época Rafael dos Anjos, combate que poderia torná-lo o primeiro atleta a ostentar dois títulos do evento ao mesmo tempo. No entanto, uma lesão do rival mudou os planos do show.

E diante de Diaz, ele foi surpreendido no segundo round por um mata-leão que deu fim ao combate. Derrota esta que não foi digerida a ponto dele decidir mais uma vez deixar de lado os compromissos como campeão da categoria dos penas (66 kg) em busca de uma revanche.

A luta acontece no peso combinado de 77 kg, na edição 202 do UFC. O evento está programado para acontecer em Las Vegas, nos Estados Unidos, no próximo dia 20 de agosto e também contará com a luta entre Anthony Johnson e Glover Teixeira como co-main event.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo