Esporte

Campeão critica critérios usados pelo UFC para title-shots: "Isso aqui não é esporte"

05/08/2016 16h16

Tyron Woodley derrotou Robbie Lawler no UFC 201 - Youtube

Tyron Woodley derrotou Robbie Lawler no UFC 201 – Youtube

Tyron Woodley percebeu uma mudança nos critérios do Ultimate em relação ao casamento de lutas por títulos e decidiu entrar na onda. Após nocautear Robbie Lawler no UFC 201, evento realizado sábado passado (30) em Atlanta (EUA), e se tornar o novo campeão dos meio-médios (77 kg), o americano imediatamente avisou que gostaria de defender o cinturão contra Nick Diaz ou Georges St-Pierre – dois atletas que estão longe de ‘merecer’ um title-shot no momento. Consciente de que os dois lutadores não seriam os mais dignos do duelo atualmente, ‘T-Wood’ explicou porque gostaria desses combates.

Durante um episódio do seu próprio programa de podcast ‘The Morning Wood’, Woodley criticou o rumo que o MMA tomou nos últimos anos e avisou que vai selecionar, cuidadosamente, os seus próximos adversários.

“Pessoal, isso aqui não é mais um esporte e eu não estou disposto a dar um title-shot a qualquer babaca sorridente que acha que pode me seduzir para uma luta porque ele vem assistindo uns vídeos do Conor McGregor”, declarou, antes de citar Johny Hendricks e Frankie Edgar como exemplo de atletas que foram ‘passados para trás’.

“Pense no Johny Hendriks. A primeira vez que ele teve uma chance ele venceu o John Koscheck e o Carlos Condit e ele nocauteou o Martin Kampmann e o Jon Fitch. Então ele foi colocado para trás por quem? Nick Diaz, porque ele era um cara que atraia mais público. Pense no Frankie Edgar. Ele passou o carro na divisão inteira. E conseguiu um title-shot imediado contra o Conor McGregor? Ou o Conor pôde subir de categoria? Ele enfrenta o Nate Diaz, perde, ainda é o campeão e vai ter uma revanche imediata”, afirmou.

Diante da nova ‘política’ do UFC, o novo campeão já deixou claro que vai dar as cartas a partir de agora e que escolherá as lutas que quer fazer: “Agora é a minha vez. Você luta comigo se eu quiser lutar contra você. E se você não gostou, é melhor ficar quieto. Eu sou o campeão”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo