Esporte

'Jason' perde em retorno após doping e Thales Leite salva o Brasil no UFC

07/08/2016 01h45

Completamente ofuscado pelo início dos Jogos Olímpicos na cidade do Rio de Janeiro, o UFC Fight Night 92, realizado neste sábado (6), contou com duelos importantes para os fãs brasileiros. E o placar saiu empatado, com uma vitória e uma derrota para os nossos representantes, o que só foi desempatado graças ao triunfo do argentino Santiago Ponzinibbio, ex-TUF Brasil que praticamente carrega a bandeira verde e amarela no cage.

Retornando ao maior evento de MMA do mundo após um ano de suspensão pelo flagra no exame antidoping, Rony ‘Jason’ começou bem e equilibrou as ações diante de Dennis Bermudez, um dos tops da divisão dos pesos-penas (66 kg). No entanto, com o passar do confronto o melhor preparo físico e dinâmica na troca de posições entre luta agarrada e quedas garantiu a melhor para o americano.

Menor, Dennis explodiu em momentos decisivos e com golpes curtos minou em pé, e com cotoveladas no ground and pound fez o brasileiro sangrar e perder potência. Com esse ritmo repetido round a round, Jason foi superado consistentemente e amargou mais uma derrota, a sexta em sua carreira. Mas não sem antes dar tudo de si.

Quando tudo parecia perdido, Rony defendeu um tentativa de queda do americano e caiu por cima, junto à grade. De lá ele montou, pegou as costas e encaixou um estrangulamento que assustou a torcida. No entanto, ele já não tinha mais o fôlego necessário para fazer força e viu o oponente inverter a posição e terminar por cima, em cena que reeditou o dinâmica do confronto.

Redenção

Depois de anotar oito vitórias seguidas na carreira, sendo cinco no octógono do UFC, o brasileiro Thales Leite amargou duas derrotas no cage e viu as chances de disputar o cinturão cada vez mais longe. No entanto, diante Chris Camozzi, o atleta da Nova União conseguiu se redimir e fazer as pazes com a vitória. E quase tudo deu certo desta vez.

Sem dar chance ao azar, Thales encurtou, clinchou, derrubou, pegou as costas e mochilou em todos os rounds, e mesmo sem golpes contundentes impôs domínio do início ao fim. Como única possibilidade, o americano teimou em resistir o quanto pôde e esperar pelas oportunidades em pé para buscar o nocaute.

No início da terceira etapa, por sinal, Camozzi conseguiu um belo cruzado de esquerda que balançou o brasileiro, que na sequência voltou a repetir o enredo que lhe garantiu uma finalização nos minutos finais. Estrangulamento que foi sua quinta submissão entre os médios (84 kg), marca histórica ao lado de Demian Maia, que hoje luta como meio-médio (77 kg) e Rousimar ‘Toquinho’, que não atua mais no UFC.

Argentino ‘Xente Boa’

O argentino Santiago Ponzinibbio mostrou grande evolução tática e física para este combate. Diante do americano Zak Cummings, ‘Xente Boa’ conteve seu ímpeto agressivo e, apesar de sempre andar para frente, priorizou golpes em linha e trabalhados em sequências curtas. Dessa forma, ele poupou energia e minimizou seus erros na defesa, o que lhe garantiu o triunfo por pontos após três rounds de pura trocação.

Canhoto, Cummings jogou na base espelhada e complicou o ritmo do adversário graças à sua envergadura. Buscando golpes de encontro em Santiago, que precisava constantemente avançar para encurtar a distância, o americano acertou bons diretos de esquerda que marcaram o rosto do oponente. No entanto, o domínio do octógono e o maior volume de golpes garantiram a vitória do ex-TUF Brasil por decisão unânime.

Confira os resultados do UFC Fight Ngith 92:

Yair Rodríguez venceu Alex Caceres por decisão dividida;
Dennis Bermudez venceu Rony ‘Jason’ por decisão unânime;
Thales Leites finalizou Chris Camozzi no 3º round;
Santiago Ponzinibbio venceu Zak Cummings por decisão unânime;
Trevor Smith venceu Joe Gigliotti por decisão unânime;
Maryna Moroz venceu Danielle Taylor por decisão dividida;
Court McGee venceu Dominique Steele por decisão unânime;
Marcin Tybura nocauteou Viktor Pešta no 2º round;
David Teymur nocauteou Jason Novelli no 2º round;
Teruto Ishihara nocauteou Horacio Gutiérrez no 1º round;
Cub Swanson venceu Tatsuya Kawajiri por decisão unânime;
Justin Ledet venceu Chase Sherman por decisão unânime.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo