Esporte

Treinador de GSP revela drama antes de enfrentar Nick Diaz: "Passou a noite vomitando"

09/08/2016 13h06

Falando em recordes de vendas, Georges St-Pierre deixou claro que quer voltar. E, no exato momento em que o canadense deixou isso público, uma fila de rivais se montou para desafiá-lo. Bisping, Conor, os irmãos Diaz, Lawler (campeão dos meio-médios) e até mesmo Anderson Silva... - Diego Ribas

Mesmo passando mal durante a noite anterior, GSP conseguiu a vitória – Diego Ribas

Depois que Nick Diaz resolveu desenterrar o passado e contar que havia sido supostamente dopado por algum membro da equipe de Georges St Pierre, os técnicos de ambos lutadores resolveram contar algumas histórias da época em que eles se enfrentaram, em 2013. Agora foi a vez de John Danaher, treinador de jiu-jitsu de GSP, revelar acontecimentos dos bastidores.

Em uma publicação no seu Instagram, Danaher revelou que não foi só Diaz quem passou por apuros em questão de saúde antes de pisar no octógono naquela ocasião. De acordo com o técnico, o canadense tomou um suco para ajudar na reidratação que acabou fazendo muito mal ao seu estômago na noite anterior ao combate.

“Nós conseguimos desenvolver um excelente plano de jogo. A preparação física foi excelente, a escolha dos sparrings foi muito boa, não tivemos lesões, nenhum tipo de drama de bastidores, um corte de peso perfeito, tudo estava perfeito até a noite anterior à luta. Georges tomou algum suco de melancia para ajudar na reidratação que acabou ficando muito tempo fora da geladeira e fez muito mal para o estômago. Ele passou a noite inteira vomitando. Foi muito triste de ver que um camp tão perfeito estava sendo arruinado no último minuto”, revelou.

Danaher ainda revelou que a preparação feita para enfrentar Diaz foi a mais completa e sem defeitos já feita pelo canadense. Ele garantiu que o camp só perdeu em força de treinamento para o camp feito para a luta contra Carlos Condit, que aconteceu em novembro de 2012.

St Pierre não luta desde que enfrentou Johny Hendricks em 2013. O atleta parou de competir por três anos e agora está considerando voltar aos octógonos para fazer uma superluta com algum grande nome do esporte atual.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo