Esporte

Weidman desafia novamente Rockhold para revanche em Nova York

11/08/2016 13h09

Chris Weidman derrotou Anderson Silva em duas ocasiões - Diego Ribas

Chris Weidman perdeu seu cinturão para Rockhold no UFC 194 – Diego Ribas

Após perder seu cinturão para Luke Rockhold, em dezembro de 2015, Chris Weidman nunca mais pisou em um octógono do UFC. Se recuperando de uma lesão, ele ainda tentou se colocar como desafiante ao título de Michael Bisping, mas acabou sendo preterido por Dan Henderson. Decidido a seguir em frente, o americano já tem os próximos planos traçados na cabeça.

Em entrevista ao podcast americano ‘MMA Hour’, Weidman disse que, ao invés de ficar brigando pela luta do título, quer realizar outra vontade sua. O americano está planejando fazer sua volta no UFC 205, edição que acontece no Madison Square Garden, em Nova York (EUA). Para que isso aconteça, a luta que ele quer é uma revanche contra Rockhold, na tentativa de limpar sua imagem do nocaute sofrido no ano passado.

“Eu não ouvi uma palavra do UFC. Eu conquistei tudo, mas não sei o que vai acontecer. Eu queria fazer uma luta grandiosa no Madison Square Garden. Sempre foi meu sonho lutar lá dentro. Eu quero uma luta que todo mundo ficasse excitado, uma luta que todos gostariam de ver. Eu não sei quem seria capaz de me dar isso. Eu acho que uma revanche contra o Luke Rockhold seria provavelmente a maior no meu olhar. Então eu acho que é isso que eu quero. Tem aí o ‘Jacaré’, o Romero, e ainda tem alguns nomes das antigas como o de Anderson Silva. Eu não sei quem vai ser, honestamente. Eu vou deixar nas mãos do UFC. Quem eles decidirem me dar, eles vão me dar de qualquer jeito, mas se eu tivesse que escolher alguém seria o Luke. Eu acredito que nós somos os dois melhores da divisão e eu gostaria de lutar com o melhor dos caras, especialmente com alguém que já conseguiu me derrotar. Eu quero conquistar aquilo de volta, especialmente na frente da minha galera no MSG. Isso seria uma grande chance”, contou.

Vale lembrar que Weidman estava escalado para fazer a revanche contra Luke Rockhold no UFC 199, mas por conta de uma lesão no pescoço, não pôde realizar o combate, deixando a vaga nas mãos de Michael Bisping. O inglês, por sua vez, aproveitou bem o espaço e conseguiu derrotar o até então dono do cinturão, se tornando o novo campeão dos médios (84 kg).

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo