Esporte

Adversário de Glover no UFC 202 aposta em velocidade para vencer

Ag. Fight

18/08/2016 06h00

Anthony Johnson enfrentará Glover Teixeira no UFC 202 - Diego Ribas

Anthony Johnson enfrentará Glover Teixeira no UFC 202 – Diego Ribas

No próximo sábado (20), Anthony Johnson subirá no octógono para encarar Glover Teixeira no UFC 202, evento que será realizado em Las Vegas (EUA). Vindo de duas vitórias consecutivas por nocaute, o americano sabe que encara parada dura no brasileiro – que também derrubou seus oponentes nas duas últimas apresentações. E para vencer o duelo, que na sua opinião será bastante acirrado, ‘Rumble’, como também é conhecido, aposta na velocidade.

Durante uma entrevista coletiva para promoção do card nesta quarta-feira (17), Johnson analisou o brasileiro e previu uma luta bastante equilibrada. De acordo com o americano, ele e Glover têm estilo parecidos e a velocidade de qualquer um pode acabar decidindo o combate.

“Penso que a luta é bem igual. O Glover é forte e eu sou forte. Nós dois somos explosivos e temos potência. Em uma luta como essa, quando você tem dois caras que não têm medo de arriscar e soltar golpes, a velocidade pode fazer a diferença”, apostou.

Ao ser perguntado sobre uma possível luta contra Jon Jones, que pode ser inocente do exame antidoping em que foi flagrado, Johnson deixou claro que não pensa mais em ‘Bones’ e que gostaria de enfrentar Daniel Cormier, pelo cinturão, na sequencia. Isso, claro, se passar pela “máquina de guerra brasileira”.

“Eu espero conseguir uma luta contra o Cormier. O Jon tem que lidar com outras pessoas antes de eu me preocupar com ele ou ele se preocupar comigo. Então, não estou focado no Jon. E antes de chegar ao Daniel eu tenho que passar por essa fera que está aqui a minha esquerda. Essa máquina de guerra brasileira. Estou focado apenas no Glover Teixeira e não me preocupo com nenhum daqueles caras”, declarou.

Lutador profissional de MMA desde 2006, Anthony Johnson vem de duas vitórias consecutivas e conquistou o prêmio de ‘Performance da Noite’ em quatro das suas últimas cinco apresentações. Aos 32 anos de idade, o americano coleciona na carreira um cartel com 21 triunfos e cinco derrotas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo